Descubra qual é a origem do Folclore no Brasil

Mitos e lendas que integram a cultura popular já inspiraram séries e filmes na TV. Mas, afinal, de onde surgiu tudo isso? Confira:

Recentemente, foi comemorado o Dia do Folclore no Brasil. Mais especificamente, no último dia 22 de agosto, os brasileiros puderam rememorar essa parte da cultura nacional. Certamente, a maior parte dos cidadãos já ouviu falar em Saci Pererê, Curupira, Caipora ou Kuka. Mas, afinal, de onde surgiu tudo isso?

Primeiramente, é preciso esclarecer o significado do termo Folclore. A palavra significa conjunto de conhecimentos, costumes, crenças, contos, mitos e lendas. Também pode ser traduzida em músicas, danças e festas populares de uma cultura e de uma região.

Em outras palavras, o Folclore brasileiro faz referência à própria cultura do País. Contudo, seu uso se refere com frequência às lendas e mitos brasileiros.

O termo foi criado em 1846, pelo arqueólogo inglês William John Thoms. Ele era um estudioso da cultura popular. A palavra uniu o termo “folk”, que em inglês significa povo (popular) e “lore”, que quer dizer cultura/saber. Portanto, folclore é a “cultura popular”.

Data é celebrada em outros países também

Em agosto de 1965, a data, que é celebrada em todo o mundo, passou a fazer parte do calendário brasileiro. Foi criada para ressaltar a importância e a valorização das manifestações folclóricas do país, conforme dados divulgados pela Agência Brasil.

Quem não se lembra das cantigas de roda? Personagens como Curupira, Caipora e de tantas outras figuras, todas fruto da imaginação popular. Algumas ficaram eternizadas em obras literárias, da dramaturgia e do cinema.

Já ouviu falar do Uirapuru (nome de algumas aves) que inspirou um mito indígena sobre uma linda história de amor? Da encantadora Yara, a bela índia que dorme na Vitória Régia e a todos encanta?

Religiosidade, crenças e fé, contos, poemas e poesias também integram o Folclore brasileiro. Além disso, ele reflete ainda aspectos das culturas indígena, africana e europeia.

Renato Almeida, Mário de Andrade e Luís da Câmara Cascudo são alguns dos estudiosos dessa manifestação popular. Entre os escritores, Ariano Suassuna e Clarice Lispector retrataram aspectos do folclore em textos e livros. Eles ressaltam a riqueza e a importância das histórias de nossa cultura.

você pode gostar também

Comentários estão fechados.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More