Deuses Egípcios

Os deuses egípcios foram divindades que possuíam profunda influência na sociedade egípcia durante a antiguidade.


Os deuses egípcios são divindades que integram a mitologia da antiga civilização egípcia. Estes deuses eram metamórficos, isto é, metade humano e metade animal. Além disso, tinham o poder de influenciar os elementos da natureza.

Mesmo sendo seres onipresentes, os egípcios acreditavam que as divindades possuíam comportamentos humanos, tais como a bondade, inveja, ganância, entre outros.

Não há como quantificar o número exato de deuses egípcios, mas estima-se que existiram milhares.

Religião do Egito Antigo

Os egípcios antigos eram politeístas, ou seja, acreditavam em vários deuses. Por sustentar um governo teocrático, em que a figura do monarca se misturava à dos deuses, o faraó possuía um poder ilimitado. Suas funções envolviam os âmbitos religioso, judiciário, social e militar. Considerado um deus vivo, ele era visto como a encarnação de Hórus (deus falcão) e filho do deus Sol, Amon-Rá.

Por isso, a religião no Egito Antigo era de extrema importância para a população da época, pois ela influenciava todas as áreas da sociedade.

Alguns dos deuses cultuados pelos egípcios eram animais, considerados a encarnação das próprias divindades.

O povo egípcio também cultuava as forças da natureza, como a Lua, o Sol, o Rio Nilo e o vento. Cada cidade possuía seu próprio deus que a protegia contra os males.

Existiam deuses que tinham o corpo de animal, outros tinham o formato do corpo de metade animal, metade humano e ainda existiam os que possuíam o corpo somente de humano.

Por acreditarem na imortalidade, os egípcios praticavam a mumificação (conservação dos corpos) e adoravam os mortos, pois acreditavam que o ser humano é formado por Rá (alma) e Ká (corpo).

Por isso, após a morte, a alma continua a viver no reino de Amon-Rá ou de Osíris. Depois de morto, a alma participaria de um julgamento no Tribunal de Osíris, onde seria julgada. Se a alma voltasse a habitar no corpo, o morto retornaria à vida no reino de Osíris. Se a alma não voltasse ao corpo, ela ficaria no reino de Amon-Rá.

Por isso a conservação dos corpos era tão importante, pois, se a alma retornasse ao corpo, ele estaria em boas condições.

Nomes de deuses egípcios

Os principais deuses egípcios foram:

  • Rá, deus Sol, o principal deus egípcio;
  • Nut, mãe de Amon-Rá;
  • Osíris, deus dos mortos, da fundidade e da vegetação, simbolizado pelo rio Nilo;
  • Ísis, deusa das sementes e das águas. Além disso, ela protegia a vegetação. Era esposa de Osíris e mãe de Hórus;
  • Hórus, deus dos céus e dos vivos;
  • Set, deus do caos, encarnação do mal. Era o principal inimigo de Osíris e responsável pelas guerras e pelos males;
  • Hathor, deusa do amor, beleza, alegria e música;
  • Bastet, deusa da sexualidade, fertilidade e do parto.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More