Faraó

Faraó era o título dado aos reis que governavam o Egito Antigo.

Faraó era o título atribuído aos reis que governavam o Egito Antigo, depois que houve a unificação do Baixo e Alto Egito, promovida por Menés.

O faraó tinha uma vida baseada no cumprimento de diversas tarefas que envolviam rituais religiosos, funções administrativas, visitas às obras e plantações, além de reuniões.

Todos os monarcas do Império Egípcio são chamados de faraós. No entanto, é importante ter em mente que cada um possuía suas próprias características e intenções quando ascendiam ao trono.

Primeiros faraós

O poder no Egito Antigo era herdado de pai para filho. Entretanto, possíveis desavenças poderiam acabar com a linha de sucessão, privilegiando parentes ou pessoas da nobreza.

Os primeiros monarcas egípcios, para conquistar o trono, deveriam passar por uma prova de aptidão física todos os anos, como forma de testar sua capacidade de continuar governando, fato que estava associado ao seu vigor físico.

Faraó foi um título dado pelo povo hebreu e, tempos depois, se popularizou entre os gregos. Somente um tempo depois que os reis egípcios passaram a adotar este termo.

Quem foi o primeiro faraó do Egito?

De acordo com a tradição egípcia, o primeiro faraó do Egito foi Menés (Narmer, em grego), monarca responsável por unificar o Baixo e o Alto Egito.

Faraó
Escultura do rosto de Menés.

De acordo com esta tradição, ele teria sido o primeiro governante a comandar o Egito, após o governo mítico do deus Hórus.

Datar precisamente os acontecimentos referentes à história dos faraós é uma tarefa complicada, tendo em vista que as fontes históricas deste período são escassas.

Alguns vestígios apontam que tal reunificação promovida por Menés tenha ocorrido por volta do ano 3100 a.C. Contudo, alguns pesquisadores do Egito defendem que a instituição faraônica tenha surgido antes desta data.

Faraós mais importantes

Entre os anos 3100 a.C. e 332 a.C., estima-se que cerca de trinta dinastias tenham ascendido ao poder. Com isso, diversos governantes tiveram papeis notáveis nos âmbitos militar, político e/ou arquitetônico.

Selecionamos alguns faraós que se destacaram no Egito Antigo:

  • Menés, o primeiro faraó do Egito. Governou com máxima habilidade para não causar insatisfação em nenhuma das duas regiões unificadas por ele.
  • Quéops foi o responsável pela construção da Esfinge de Gizé, na região do Cairo;
  • Quéfren foi o faraó que construiu uma das Pirâmides de Gizé;
  • Tutancâmon restabeleceu o politeísmo. Tornou-se conhecido após a sua tumba ser encontrada em 1922;
  • Ramsés II, esposo de Nefertari, teve um papel notável durante seu reinado. Seu governo se destacou pela construção de grandes obras;
  • Ramsés III, forte líder militar que protegeu o país de inúmeras invasões;
  • Cleópatra contribuiu para que o Egito conquistasse uma posição de privilégio dentro do Império Romano.

Saiba mais em:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More