Faringite – O que é, sintomas, tratamentos, tipos de infecção

Inflamação na parte superior da garganta que pode ser causada por vírus ou bactérias.

A faringite é uma infecção das vias respiratórias que causa inflamação da faringe, a parte superior da garganta que faz a conexão entre o nariz, a boca, a laringe e o esôfago.

Essa é apenas uma das inflamações que pode ocorrer na região da garganta, outras que também são comuns é a laringite e a amigdalite, mas elas não devem ser confundidas.

A ocorrência de faringite é muito comum no outono e no inverno, pois as mudanças de temperatura, ar seco e aglomeração de pessoas em locais fechados favorecem a entrada de agentes infecciosos como vírus e bactérias.

Sintomas da faringite

Os principais sintomas da faringite são dores agudas, irritação, secura e coceiras na garganta, além de muito desconforto para engolir até mesmo a saliva, rouquidão e falta completa de voz.

Em casos mais graves, a faringite também pode causar dificuldades para respirar e abrir a boca, muitas dores na face, dores de ouvido, febre alta, nódulos no pescoço e inchaço nos gânglios.

Geralmente, os sintomas da faringite são fáceis de identificar e também de ser confundidos com os sintomas de laringite e amigdalite, por isso, é inevitável procurar um médico para dar o diagnóstico e o melhor tratamento.

Isso também porque existem muitos agentes que podem acarretar o início da faringite, como vírus e bactérias que podem ser de várias espécies. Como os sintomas de todos são muito parecidos, o médico é quem pode determinar o tipo de faringite e o melhor tratamento.

Tratamento da faringite

As faringites causadas por vírus normalmente não necessitam de tratamentos específicos, pois a infecção tende a desaparecer sozinha, em média, depois de cinco a sete dias. Mas pode-se usar analgésicos ou anti-inflamatórios para aliviar a dor de garganta caso seja necessário.

Por outro lado, as faringites bacterianas necessitam de cuidados médicos para saber qual é a bactéria que está causando a infecção e ser administrado o antibiótico correto para eliminar a colônia.

Além da medicação nos casos que se fazem necessários, existem algumas medidas simples para que a infecção seja eliminada mais rapidamente como:

  • Descansar bastante
  • Manter-se hidratado
  • Se alimentar bem com sopas e alimentos pastosos que estejam aquecidos
  • Fazer gargarejos com água morna e sal
  • Evitar ar-condicionado
  • Utilizar umidificadores de ar
  • Não fumar

Classificação das faringites

  • Faringite aguda: esse tipo pode apresentar muitas secreções como catarro e pus, dependendo do agente infeccioso que está causando a infecção.
  • Faringite crônica: esse tipo apresenta catarro na maioria das vezes, mas pode ser hipertrófica ou atrófica também.

Faringite viral

A maior parte das faringites são causadas por vírus, em média 40 a 80% dos casos. Vários tipos de vírus podem causar essas inflamações como os adenovírus, os tipos de influenza que causam a gripe, os rhinovírus, os vírus causadores de herpes e também os de mononucleose.

Além disso, o coronavírus, que causou a pandemia de Covid-19, também é um agente infeccioso que pode causar uma faringite viral.

Faringite bacteriana

As faringites bacterianas ocorrem com menor frequência e são mais graves que as faringites causadas por vírus. Elas podem ser causadas por várias bactérias diferentes, algumas muito resistentes.

Para o tratamento dessas infecções é necessário o uso de antibióticos receitados por um médico. Geralmente a infecção é controlada entre 7 e 10 dias do início do tratamento.

Faringite estreptocócica

A faringite estreptocócica é o tipo mais comum de faringite bacteriana ocorrendo em cerca de 25% dos casos em crianças e de 10% dos adultos. Esse tipo de faringite é causado pela bactéria Streptococcus pyogenes.

Além dos sintomas corriqueiros para a faringite, em casos mais graves essa infecção pode provocar complicações como febre reumática e endocardite bacteriana.

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More