Folhetos embrionários

Os folhetos embrionários originam os tecidos e órgãos do corpo dos animais!

Os folhetos embrionários, também chamados de folhetos germinativos, podem ser de três tipos:

  1. Ectoderma
  2. Mesoderma
  3. Endoderma

Eles surgem durante a gastrulação do embrião, quando ele tem, aproximadamente, 32 células. Nos embriões humanos, isso acontece entre a 4ª e a 7ª semanas de gestação.

O que são folhetos embrionários?

Os folhetos embrionários são as primeiras camadas celulares a serem formadas durante o desenvolvimento embrionário.

Eles são os responsáveis por dar origem aos órgãos que formarão os sistemas do corpo do novo indivíduo.

Ectoderma

A camada chamada de ectoderma é a mais externa ao corpo do embrião, ela é a responsável por dar origem aos tecidos epidérmicos e anexos da pele.

Além disso, essa camada forma também o sistema nervoso durante a 7ª semana de gestação e o revestimento de cavidades como boca, nariz e ânus.

Mesoderma

O mesoderma é o folheto embrionário que fica intermediário aos outros dois. Essa camada origina a maioria dos sistemas do corpo humano como os sistemas ósseo e muscular.

Além disso, ela forma os tecidos linfáticos, conjuntivos, alguns órgãos do sistema cardiovascular, excretor e reprodutor.

Endoderma

A camada chamada endoderma é o folheto embrionário que está mais interno no corpo do embrião. Ele é o responsável por originar órgãos do sistema digestório, glândulas e os pulmões, que estão completamente prontos para oxigenar o bebê apenas depois do 8º mês gestacional, no caso dos humanos.

Por isso, os bebês que nascem prematuros, muitas vezes precisam ficar no hospital e receber ventilação mecânica até que os pulmões terminem de se desenvolver completamente e possam oxigenar o corpo do novo indivíduo.

Folhetos embrionários - Localização das camadas
Folhetos embrionários – Localização das camadas

O que são diblásticos e triblásticos?

A denominação diblásticos e triblásticos se refere a quantidade de folhetos embrionários que o animal tem durante seu desenvolvimento.

As esponjas são os únicos animais que possuem apenas dois folhetos embrionários, por isso, elas são chamadas de animais diblásticos. Elas possuem apenas o ectoderma e o endoderma.

Os animais diblásticos formam apenas uma cavidade no interior do corpo do animal, chamada de arquêntero, por isso, são chamados de acelomados.

Todos os outros animais possuem os três folhetos embrionários e são chamados de triblásticos. Os triblásticos podem ser divididos em celomados e pseudocelomados.

Os pseudocelomados são animais em que existe uma cavidade interna delimitada tanto pelo mesoderma quando pelo endoderma.

Os animais só são verdadeiramente celomados se eles possuírem a cavidade completamente revestida pela camada do mesoderma.

Folhetos embrionários
Folhetos embrionários

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More