O que é globalização?

O termo globalização começou a ser usado em 1980, ainda que a sua prática tenha começado antes. Saiba agora o que é a globalização!

0

Globalização, tempo real e fluxo contínuo de informações são algumas das coisas mais debatidas na atualidade, e não só na área da geografia. Alguns artigos e análises buscam discutir essas temáticas e as suas consequências na sociedade, mas nem sempre ocasionam na compreensão da realidade.

E você, o que entende por globalização? Começaremos a tentar te explicar pela origem do termo!

 O que é globalização? Globalização é um vocábulo criado nos anos 1980 para caracterizar a expansão econômica, política e cultural, a nível internacional, tendo sido marcado pelo progresso nos sistemas de transporte e de comunicação.

Alguns se referem a esse processo como mundialização, por se tratar de um fenômeno de conexão econômica, política, social e e cultural em todo o globo terrestre. Porém, a interligação acontece em diferentes níveis e apresenta consequências variadas para as nações, sendo que os países desenvolvidos são os mais beneficiados pela globalização.

Primórdios da globalização

No entanto, embora o conceito seja recente, a prática da globalização é antiga. Muitos cientistas sociais atribuem o seu pontapé inicial as Grandes Navegações, entre os séculos XV e XVII, período em que os europeus começaram a expansão colonial marítima.

Contudo, a globalização foi intensificada em razão da Terceira Revolução Industrial, também conhecida como Revolução Técnico-Científico-Informacional.

A ela se deve o avanço das tecnologias de transporte e de comunicação, reduzindo a distância e os limites geográficos. Esse fator favoreceu para que se aumentasse as trocas comerciais entre os países, principalmente a velocidade entre os negócios.

As empresas transnacionais são as maiores beneficiadas em decorrência da globalização, tendo em vista que podem possuir matrizes em um país desenvolvido e atuar com filiais em outros países em desenvolvimento, elevando o mercado consumidor.

Assim, desfrutam da mão de obra barata e de benefícios oferecidos pelos governantes das nações em desenvolvimento, tais como isenções de impostos e doações de terrenos.

Aldeia global

Alguns pesquisadores empregam o termo Aldeia Global ao se referenciar à globalização, já que ela não está limitada a questões políticas e econômicas, abrangendo também a cultura. No atual cenário vemos a troca de hábitos, costumes e produtos culturais.

Desse modo, algo que é muito debatido é a padronização cultural ou até mesmo a apropriação cultural, em função da interligação das culturas. Mas, há também os que argumentam o contrário, alegando que os regionalismos se expandem, propiciando a heterogeneidade cultural. Para os mais negativos, na verdade o que ocorre é uma hegemonização cultural, tendo a cultura dominante sobreposto as demais.

Em função dos avanços tecnológicos e da alta velocidade na difusão da informação, as notícias circulam mais rápido, você pode ter um maior acesso a conteúdo de diferentes regiões e países. Seria a famosa compressão espaço-tempo, expressão usada pelo geógrafo e economista David Harvey ao mencionar a aceleração das trocas comerciais e de informações.

Críticas feitas a globalização

Mas, por outro lado, a globalização também possui as suas críticas. Por consequência dela, a propagação de doenças ocorre de forma mais acelerada, como foi o caso da pandemia do novo coronavírus.

Outro ponto central nas críticas feitas a essa globalização, ou mundialização, é pelo fato de beneficiar países dominantes e elites econômicas, ampliando a concentração de renda.

Você pode gostar também de:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.