O que são constelações?

As constelações são um agrupamentos de estrelas interligadas por linhas imaginárias que, visíveis na Terra, simbolizam objetos, animais e mitologia.

0

O que são constelações? Com origem no termo em latim constelattio, cuja tradução é agrupamento de estrelas, as constelações são várias estrelas interligadas por linhas imaginárias.

Estas formam, na parte visível da Terra, desenhos no céu simbolizando os animais, objetos, deuses e criaturas mitológicas.

Para se ter uma noção, em uma noite escura, é possível ver entre 1.000 e 1.500 estrelas, sendo cada uma pertencente a uma constelação.

O conhecimento do céu e das estrelas era fundamental no passado, pois ajudava na navegação e na agricultura, sendo tanto referência de localização quanto usado para apontar as diferentes estações do ano.

Origem do conceito de constelação

O conceito de constelação surgiu ainda na Pré-História, ao ser empregada para fazer referência às crenças ou mitologia. Outra atribuição lhe foi dada nas navegações, sendo usadas como orientação.

Contudo, as constelações de conhecimento do Ocidente são as 48 adotadas pelos gregos, em II a.C.. Elas são fruto da pesquisa do astrônomo Claudio Ptolomeu, no Almagesto, um dos marcos no estudo da Astronomia.

No entanto, mais astrônomos tiveram importância no estudos das constelações celestes, tais como o astrônomo alemão Johann Bayer (1572-1625), o astrônomo polonês Johannes Hevelius (1611-1689) e o astrônomo francês Nicolas Louis de Lacaille (1713-1762).

Contudo, em 1922, a União Astronômica Internacional (UAI) implantou o conceito de constelações, oficializando o nome de 88 constelações para estudos científicos.

Classificação das constelações

Em síntese, as constelações podem ser divididas em quatro tipos:

  • Constelações boreais – Situadas no hemisfério norte celeste, tais como a Ursa Maior, Cassiopeia e Andrômeda;
  • Constelações austrais – Localizadas na parte do hemisfério sul celeste, tais como como Centauro e Pavão;
  • Constelações equatoriais – Pertencentes a uma faixa ao longo do equador celeste, tais como o Cão menor, Cão Maior e Águia;
  • Constelações zodiacais – Integrantes da parte da região próxima da linha da eclíptica: Áries, Touro, Gêmeos, Câncer, Leão, Virgem, Libra, Escorpião, Sagitário, Capricórnio, Aquário e Peixes.

As constelações para a União Astronômica Internacional (UAI)

Desde que a União Astronômica Internacional (UAI) implementou o conceito astronômico de constelação, ela deixou de ser classificada apenas como agrupamento de estrelas e passou a ser as 88 divisões geométricas da abóbada celeste.

mapa celeste

Das 88 constelações, mais da metade (48) são resultado da pesquisa de Claudio Ptolomeu e as outras 40, analisadas entre os séculos XVII e XVIII.

Veja a lista de todas as constelações em ordem alfabética, com o nome em latim e em português (entre parênteses):

  1. Andromeda (Andrómeda)
  2. Antlia (Máquina Pneumática)
  3. Apus (Ave do Paraíso)
  4. Aquarius (Aquário)
  5. Aquila (Águia)
  6. Ara (Altar)
  7. Aries (Carneiro)
  8. Auriga (Cocheiro)
  9. Bootes (Boieiro)
  10. Caelum (Buril ou Cinzel)
  11. Camelopardalis (Girafa)
  12. Cancer (Carangueijo)
  13. Canes Venatici (Cães de Caça)
  14. Canis Major (Cão Maior)
  15. Canis Minor (Cão Menor)
  16. Capricornus (Capricórnio)
  17. Carina (Quilha ou Querena)
  18. Cassiopeia (Cassiopeia)
  19. Centaurus (Centauro)
  20. Cepheus (Cefeu)
  21. Cetus (Baleia)
  22. Chamaeleon (Camaleão)
  23. Circinus (Compasso)
  24. Columba (Pomba)
  25. Coma Berenices (Cabeleira de Berenice)
  26. Corona Australis (Coroa Austral)
  27. Corona Borealis (Coroa Boreal)
  28. Corvus (Corvo)
  29. Crater (Taça)
  30. Crux (Cruzeiro do Sul)
  31. Cygnus (Cisne)
  32. Delphinus (Delfim ou Golfinho)
  33. Dorado (Peixe-Espada ou Espadarte)
  34. Draco (Dragão)
  35. Equuleus (Potro)
  36. Eridanus (Erídano)
  37. Fornax (Fornalha)
  38. Gemini (Gémeos)
  39. Grus (Grou)
  40. Hercules (Hércules)
  41. Horologium (Relógio)
  42. Hydra (Hidra ou Hidra Fêmea)
  43. Hydrus (Hidra Macho)
  44. Indus (Índio)
  45. Lacerta (Lagarto)
  46. Leo Minor (Leão Menor)
  47. Leo (Leão)
  48. Lepus (Lebre)
  49. Libra (Balança)
  50. Lupus (Lobo)
  51. Lynx (Lince)
  52. Lyra (Lira)
  53. Mensa (Montanha da Mesa)
  54. Microscopium (Microscópio)
  55. Monocerus (Unicórnio)
  56. Musca (Mosca)
  57. Norma (Régua)
  58. Octans (Octante)
  59. Ophiuchus (Ofiúco ou Serpentário)
  60. Orion (Orionte)
  61. Pavo (Pavão)
  62. Pegasus (Pégaso)
  63. Perseus (Perseu)
  64. Phoenix (Fénix)
  65. Pictor (Pintor)
  66. Pisces (Peixes)
  67. Pisces Austrinus (Peixe Austral)
  68. Puppis (Popa ou Ré)
  69. Pyxis (Bússola)
  70. Reticulum (Retículo)
  71. Sagitta (Seta ou Flecha)
  72. Sagittarius (Sagitário)
  73. Scorpius (Escorpião)
  74. Sculptor (Escultor)
  75. Scutum (Escudo)
  76. Serpens (Serpente)
  77. Sextans (Sextante)
  78. Taurus (Touro)
  79. Telescopium (Telescópio)
  80. Triangulum Australe (Triângulo Austral)
  81. Triangulum (Triângulo)
  82. Tucana (Tucano)
  83. Ursa Major (Ursa Maior)
  84. Ursa Minor (Ursa Minor)
  85. Vela (Vela)
  86. Virgo (Virgem)
  87. Volans (Peixe Voador)
  88. Vulpecula (Raposa)

Constelações do Zodíaco

constelações signos

Os astrônomos babilônios dividiram o caminho que o Sol gira em torno da Terra em 12 partes iguais, isso dentre 1000 a.C e 500 a.C. Desse modo, essas partes equivalem ao período de 30 dias e foram designadas como signos – os 12 signos do zodíaco.

Com isso, os babilônios são os grandes responsáveis pela criação do sistema de coordenadas celestial.

Na astrologia atual, a data de nascimento em relação com a posição dos astros, exerce influência nas características de cada pessoa.

Confira as constelações do zodíaco e a data que as compreende:

  1. Áries: 21 de março a 19 de abril
  2. Touro: 20 de abril e 20 de maio
  3. Gêmeos: 21 de maio a 21 de junho
  4. Câncer: 22 de junho a 22 de julho
  5. Leão: 23 de julho a 22 de agosto
  6. Virgem: 23 de agosto a 22 de setembro
  7. Libra: 23 de setembro a 22 de outubro
  8. Escorpião: 23 de outubro e 21 de novembro
  9. Sagitário: 22 de novembro e 21 de dezembro
  10. Capricórnio: 22 de dezembro e 19 de janeiro
  11. Peixes: 20 de janeiro e 18 de fevereiro
  12. Aquário: 19 de fevereiro e 20 de março

Curiosidades

Você sabia que a bandeira do Brasil apresenta nove constelações e as 27 estrelas simbolizam cada unidade da federação? É isso mesmo, além de ser a única bandeira com uma esfera celeste!

constelações bandeira do Brasil

Dessas, se destacam cinco constelações: Cruzeiro do Sul, Escorpião, Triângulo Austral, Cão Maior e Cão Menor.

A sua posição representa o céu do Rio de Janeiro, isso bem na data da Proclamação da República, em 15 de novembro de 1889.

Ademais, no Brasil, a constelação mais conhecida a de Órion ou parte dela, a popular Três Marias. Elas se configuram como o centro da constelação e, ao identificá-las, é fácil de ver toda a constelação.

constelação de orion

Você pode gostar também de:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.