Pecuária – O que é, tipos, modalidades e problemas ambientais

O Brasil é um dos líderes em produção é consumo de alimentos de origem animal, oriundos da atividade pecuarista.

0

O Brasil é um grande produtor e consumidor de produtos derivados de animais. Nos últimos anos, o país ampliou a produção de forma que saísse da quinta posição mundial em 1960, até chegar na segunda posição em 1990, colocação que ainda mantém.

A pecuária consiste em um conjunto de técnicas de criação de animais com finalidade econômica. Confira o conceito, definição, tipos e impactos desse importante setor da economia.

O que é pecuária

A pecuária é a atividade que envolve a criação e venda de animais para abate, domesticação ou criação. A palavra pecus significa cabeça de gado e deriva da raiz latina de pecúnia, que, por sua vez, significa moeda ou dinheiro. Na Roma Antiga, os animais de abate eram reservas de valor.

A pecuária é uma das atividades mais antigas, advinda da necessidade de cercar os animais para garantir alimentação. Posteriormente, os humanos aprenderam a técnica de reprodução.

Tipos de pecuária

Os tipos de pecuária são:

  • Pecuária de corte – criação de bovinos destinados à produção de carne;
  • Pecuária de leite – criação de bovinos e outros animais destinados à produção de leite;
  • Pecuária de lã – criação de ovinos ou caprinos que fornecem lã;
  • Equinocultura – criação de cavalos;
  • Suinocultura – criação de porcos;
  • Avicultura – criação de aves;
  • Cunicultura – criação de coelhos;
  • Apicultura – criação de abelhas;
  • Piscicultura – criação de peixes.

Modalidades de pecuária

Existem três modalidades na pecuária: o pastoreio nômade, a criação extensiva e a criação intensiva.

Pastoreio nômade

Os animais são incentivados a percorrer novos caminhos em busca de comida e água. Nessa modalidade, a produção e, consequentemente, o lucro são baixos. Por isso, é mais comum para subsistência.

Criação extensiva

Na criança extensiva, os animais são criados em grandes áreas de pastagem, com baixo investimento em comparação com a criação intensiva. Assim, os animais alimentam-se do pasto e suplementos minerais.

Criação intensiva

A criação intensiva é conhecida como sistema de confinamento e semiconfinamento. O objetivo é criar o maior número de animais no menor espaço possível. Nesse sistema, a tecnologia, inseminação artificial, maquinários, insumos e fertilizantes são amplamente utilizados.

Problemas ambientais causados pela pecuária

A pecuária é uma conhecida ameaça ao meio ambiente por contribuir significativamente para a queda da biodiversidade. Ao realizar o selecionamento dos animais considerados valiosos contra a ordem natural, outras espécies sofrem com o desequilíbrio do ecossistema.

Além disso, a pecuária também contribui para o efeito estufa, uma vez que o processo digestivo emite o gás metano. Essa emissão é estimada em 80 milhões de toneladas por ano e corresponde a cerca de 22% das emissões totais de metano geradas por ação do homem.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.