Quem foi Maomé?

Maomé foi o fundador da religião muçulmana e autor do Alcorão, livro sagrado muçulmano.

0

Maomé foi um profeta que nasceu em Meca, atual Arábia Saudita, em 571 d.C. Ele foi o fundador da religião muçulmana e do Império Árabe.

O profeta era órfão e por muito tempo viveu sob tutela de seu tio, Abu-Talib, que era coletor de impostos e mercador. Foi com ele que Maomé se iniciou nas artes do comércio.

Em poucos anos, ele se tornou experiente em realizar caravanas, acompanhando seu tio à Síria. Maomé também lutava contra assaltantes e ainda tomava grandes decisões. Por conta de sua honestidade, o profeta passou a ser conhecido como Al-Amín (o leal).

Com 25 anos, Maomé se casou com Kadidja, que era 15 anos mais velha. Eles tiveram quatro filhos, mas três morreram ainda quando crianças, sobrevivendo apenas Fátima.

Maomé faleceu em Medina, Arábia, no dia 8 de junho de 632.

Profeta Maomé

Aos 40 anos de idade, Maomé, preocupado em estabelecer a religião monoteísta de Abraão, subiu ao monte Hira para meditar e lá teve a visão do arcanjo Gabriel. Nisso, ouviu uma voz que lhe disse: “Tu és o enviado de Deus”.

A partir disso, o profeta Maomé começou a redigir as revelações de Deus e passou a pregar para poucas pessoas. Anos depois, ele tornou pública a mensagem em relação à existência de apenas um deus, chamado Alá (o adorado).

Maomé acumulou apoiadores e opositores. Ele e seus seguidores foram perseguidos e tiveram que se refugiar em outros locais.

Até que a cidade de Yathrib, localizada no norte de Meca, ficou conhecida como a sede do apostolado de Maomé e os adeptos da religião migraram para o local. Esse acontecimento marcou o início do calendário islâmico.

Apesar disso, Maomé desejava conquistar Meca e logo declarou a intenção de manter uma peregrinação anual ao local. Essa seria uma tradição do islamismo.

Anos mais tarde, uma tribo começou a atacar um grupo de simpatizantes de Maomé. Então, o profeta viu nisso um motivo para avançar sobre a cidade. Ele conseguiu se apoderar dela com um exército de 10 mil homens.

Com isso, o profeta manteve a peregrinação anual, sendo a cidade conhecida como a Cidade Santa do Islã.

Alcorão

Desde 610, Maomé redigia, em árabe, as revelações que recebia de Deus. Nas escrituras, ele relatava a sua essência e relação com os seres humanos.

A partir de 650, foi formado o Alcorão, livro sagrado muçulmano que possui 114 capítulos e 6.226 versículos.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.