Barroco – Artistas, resumo e características

Veja tudo sobre o estilo que englobou diversas manifestações artísticas entre o século XVII e o século XVIII.

0

Com maior expressão no século XVII, o Barroco, também chamado de seiscentismo foi um estilo que nasceu na Europa, logo após o renascimento, e teve maior força em países como Itália, França, Portugal e Espanha.

Ele surgiu após o Concílio de Trento, no contexto da contrarreforma. Ou seja, quando Igreja Católica se sentiu ameaçada pela Reforma Protestante e tomou um série de medidas para evitar a perda de fiéis e a disseminação do protestantismo.

O que foi o Barroco

O Barroco é um estilo de berço europeu, que surgiu principalmente como um propulsor da fé católica. Foi a época em que mais foram construídas igrejas, capelas e santuários.

Poucos tempo antes, no século XVI, Martinho Lutero propõe o movimento que ficou conhecido como Reforma Protestante, abalando profundamente as estruturas da Igreja Católica, que até aquele momento estava posta como autoridade máxima no que diz respeito a religiosidade.

Como resposta a isso, entre os anos de 1545 a 1563 é realizado o Concílio de Trento. O principal objetivo era operar mudanças significativas dentro da Igreja, principalmente para que ela recuperasse os fiéis perdidos com a Reforma Protestante.

As mudanças estabelecidas pelo Concílio de Trento foram difundidas principalmente pela Companhia de Jesus, que a partir de 1540 passa ser peça fundamental no ensino e propagação dos ideais católicos.

Assim, o Barroco surge na Itália, também com o objetivo de difundir o catolicismo, portanto, foi considerado como arte de caráter eclesiástico e contrarreforma.

Características do Barroco

Como todo movimento artístico e filosófico, o Barroco teve características bem peculiares. Veja a seguir quais foram as principais.

  • Arte rebuscada, detalhista e exagerada;
  • Valorização da estética;
  • Figuras de linguagem na literatura;
  • Dualismo entre o mundano e o sagrado;
  • Obscuridade;
  • Cultismo (jogo de palavras) e conceptismo (jogo de ideias) na literatura;
  • Valorização do contraste na pintura;
  • Formas curvilíneas.
Antoine Coysevox: A Fama do Rei cavalgando Pégaso, originalmente no Parque de Marly, hoje no Louvre
Antoine Coysevox: A Fama do Rei cavalgando Pégaso

Artistas do Barroco

Conheça alguns dos principais nomes que se destacaram na pintura e escultura do Barroco europeu.

Pintura Barroca

  • Diego Velásquez (1599 – 1660) – Cristo na casa de Marta e Maria, A Coroação da Virgem e Retrato do Papa Inocêncio X;
  • Caravaggio (1571-1610) – Davi com a cabeça de Golias, A Morte da Virgem e Flagelação de Cristo;
  • Georges de La Tour (1593 – 1652) – São Jerônimo e São José Carpinteiro.

Escultura Barroca

  • Bernini (1598-1680) – Busto de Paulo, Praça de São Pedro, Catedral de São Pedro e Castelo de Santo ngelo;
  • Machado de Castro (1731 – 1822) – Estátua do Rei D. José I;
  • Borromini (1599-1667) – Catedral de São Pedro, Palazzo Spada e Igreja de San Carlo alle Quattro Fontane.

Barroco no Brasil

Mesmo presente no território brasileiro, a expressão do Barroco, aqui, não foi tão intensa. Grande parte disso se deve ao fato de que no século XVII o Brasil tinha sido descoberto há pouco tempo, portanto, ainda não tinha veias culturais e artística fortalecidas.

Aqui, o marco inicial do Barroco é o poema “Prosopopeia”, escrito por Bento Teixeira em 1601.

Os grandes precursores do barroco em terras brasileiras foram os religiosos católicos, sendo utilizado apenas para fins de doutrinação ao cristianismo. O padre Antônio Vieira é o nome de maior destaque, fazendo com que o estilo se tornasse conhecido em função de seus sermões e poesias.

Os missionários jesuítas começaram a introduzi-lo na Bahia, principalmente com o intuito de fazer com as pessoas seguissem ensinamentos religiosos ao invés de manter uma vida devassa e pecaminosa, sob a ótica deles.

No Brasil, além da Bahia, o Barroco também teve um grande destaque em Minas Gerais, particularmente no período que ficou conhecido como “Século do Ouro”, quanto a principal atividade econômica do estado era o garimpo nas zonas auríferas.

Além disso, um dos principais artistas do período, o Aleijadinho, nasceu em Minas Gerais, no município de Vila Rica, onde hoje está a cidade de Ouro Preto. Ele foi um célebre escultor, carpinteiro, entalhador e arquiteto do período.

Cena da Paixão de Cristo. Obra de Aleijadinho
Cena da Paixão de Cristo. Obra de Aleijadinho

Ele é considerado o artista de maior destaque do barroco mineiro, sobretudo por suas esculturas em pedra pedra-sabão e entalhes em madeira. A maior parte de sua obra foi feita na segunda metade do século XVIII, principalmente em igrejas.

Autores como Gregório de Matos, Bento Teixeira, Frei Vicente de Salvador e Frei Manuel da Santa Maria de Itaparica também figuram como nomes importantes do Barroco Brasileiro.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.