Jogos cooperativos

Os jogos cooperativos são ótimas ferramentas para promover o trabalho em equipe e unir um grupo de pessoas. Confira o que são e exemplos!


Os jogos cooperativos visam o fortalecimento do espírito de equipe, assim como a confiança e amizade entre colegas. Realizadas em grupo, as dinâmicas abandonam a competitividade de jogos tradicionais, que podem criar tensões.

Nesses jogos, o objetivo é alcançar resultados e solucionar problemas em equipe. Assim, o resultado final não é, necessariamente, o principal, mas sim a cooperação. Os jogos são cooperativos quando têm como objetivo esses aspectos.

O que são jogos cooperativos?

Jogos cooperativos são dinâmicas que promovem o trabalho em equipe e ajuda ao próximo. Os valores de individualismo e competição são esquecidos para dar lugar à cultura da parceria.

Utilizados com propósitos pedagógicos de desenvolver habilidades socioemocionais, esses jogos são implementados com crianças, adolescentes e adultos. Com o trabalho em equipe, o intuito é promover a visão do colega como aliado e distanciar da estrutura da hierarquia, uma vez que todos são igualmente importantes.

Algumas habilidades desenvolvidas são a paciência, empatia, confiança e criatividade. Além disso, é uma prática utilizada para integrar, também, as pessoas mais tímidas ou excluídas, assim como para aliviar tensões.

Exemplos de jogos cooperativos

Esses jogos são criados de acordo com a criatividade. Sendo assim, não há uma lista fixa. Confira alguns exemplos de jogos cooperativos:

Nó humano

Os participantes devem segurar as mãos entre si, com duas regras: não pode segurar as duas mãos de uma só pessoa e não pode segurar a mão do colega diretamente ao lado. Assim, após criar um nó, devem desfazê-lo sem soltar as mãos, de modo que formem um grande círculo ao final.

Sala de escapada

A sala de escapada ou escape room virou uma atração popular mundialmente. Nela, uma equipe é colocada em uma sala trancada com pistas e enigmas. Em conjunto, devem desvendar onde está a chave e como sair da sala.

Para aumentar a diversão, podem criar uma história que alinhe com a situação e as pistas, como nos jogos de detetive.

Passar bambolê

Com todos os participantes em círculo com as mãos dadas, devem passar um bambolê para o próximo sem soltar as mãos. Essa atividade promove a coordenação motora, equilíbrio e ajuda ao próximo.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More