Mitologia Iorubá

A mitologia iorubá reflete a visão de mundo e as religiões dos iorubás, grupo étnico que habita na África.


A mitologia iorubá envolve as religiões e a visão de mundo dos iorubás que habitam o continente africano, especialmente a República do Benin e a Nigéria, e o continente americano, local que foi intensamente influenciado pelas religiões de matriz africana, como o Candomblé no Brasil.

Mitologia iorubá – Criação do mundo

Segundo a mitologia iorubá, o mito da criação envolve o deus supremo Olorun, também conhecido como Olodumare.

Por ser o criador do universo e de tudo o que há nele, Olorun não aceita oferendas, pois já possui tudo o que existe.

Olorun é o criador do mundo e de tudo o que o envolve: águas, terras, plantas e animais de todos os estilos. Passado algum tempo, ele ordenou que Oxalá criasse o ser humano.

Utilizando o ferro e depois a madeira, Oxalá cumpriu a determinação e criou o homem. Contudo, tanto o homem de ferro quanto o de madeira eram rígidos demais. Então, criou o homem de pedra, porém, ele era muito frio.

Oxalá tentou utilizar a água para a criação do ser humano, mais uma vez sem sucesso, pois ele não tomava forma definida. Depois, tentou o fogo, igualmente sem êxito, pois ele se consumia no próprio elemento.

Tentou o ar, que, depois de pronto, voltou a sua condição natural: o ar. Por fim, fez um ser de azeite e depois de vinho, ambos sem sucesso.

Entristecido pelas tentativas inférteis, Oxalá sentou-se próximo a um rio, local em que surgiu Nanã perguntando o motivo de sua preocupação.

Oxalá narra a sua saga para a criação do homem a Nanã que mergulha no rio e retorna com lama nas mãos e a entrega ao deus.

Por fim, ele consegue criar o ser humano com flexibilidade e capacidade de mover todos seus membros. Satisfeito com sua criação, Oxalá sopra-lhe a vida.

É importante destacar que existem outras versões do mito da criação segundo a mitologia iorubá.

Orixás

Vejamos os nomes de alguns orixás da mitologia iorubá:

  • Iemanjá: Orixá dos mares e da fertilidade. Mãe de todos os orixás desta mitologia;
  • Oxóssi: Orixá da caça;
  • Ogum: Orixá da guerra e do ferro;
  • Oxumaré: Orixá da chuva e do arco-íris;
  • Exu: Orixá guardião dos templos;
  • Oko: Orixá da agricultura;
  • Xangô: Orixá dos raios e trovões;
  • Iansã: Orixá dos ventos e tempestades.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More