O que foi a Paz Armada?

Paz Armada é o nome dado ao período que antecedeu a Primeira Guerra Mundial.

0

Paz Armada foi o nome dado ao período em que não houve enfrentamentos armados entre as principais potências europeias.

O termo se refere ao final do século XIX e início do XX, um momento em que houve, além de uma intensa corrida armamentista, a fabricação de munições em quantidades cada vez maiores e a adoção do serviço militar obrigatório, por parte da maioria das nações do continente europeu.

Paz Armada – Resumo

Desde as últimas décadas do século XIX, a Europa vivenciou momentos de tensão. Vários motivos fizeram com que o continente europeu atravessasse mais de 40 anos de conflitos latentes.

Os anos que antecederam a Primeira Guerra Mundial (1914–1918) se caracterizaram pela não ocorrência de nenhum conflito armado entre as potências europeias.

O final do século XIX e início do XX, ficou marcado pelas disputas imperialistas entre os países do continente europeu. Ocorreu, nesses anos, uma intensa corrida armamentista.

Os armamentos tiveram grandes avanços nesse período. Eles eram, quase em sua totalidade, testados nos territórios coloniais, principalmente os fixados nos continentes africano e asiático.

A Inglaterra e a França adotavam os armamentos bélicos como forma de controlar os conflitos em seus locais de dominação.

Já a Alemanha e a Itália participaram dessa corrida bélica com o intuito de conquistar novos domínios coloniais.

O armamento bélico por si só não provocou a Primeira Guerra, mas a inovação tecnológica pela qual eles passaram, já apontava para o ambiente hostil que o continente europeu havia se transformado.

No final do século XIX, os países europeus formaram alianças que dividiram suas rixas.

Em 1882 foi criada a Tríplice Aliança, composta pelo Império Austro-Húngaro, Alemanha e Itália. Em 1907 foi formada a Tríplice Entente, integrada pela Inglaterra, Rússia e França.

Tais alianças militares dividiram o continente europeu em dois blocos firmados por um pacto militar, político e econômico.

Assim, com fins diplomáticos, tanto a Tríplice Aliança quanto a Tríplice Entente protegiam seus países-membros contra possíveis ataques.

Foi nesse contexto que se estabeleceu a Paz Armada, sustentando um equilíbrio diplomático que poderia ruir a qualquer momento.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.