Tecido nervoso

Continue lendo para entender como são formados os tecidos do sistema nervoso.

O tecido nervoso é o que compõe o sistema nervoso. Ele possui diversas células diferentes e tem a capacidade de receber, interpretar e transmitir respostas aos estímulos.

Por isso, dizemos que as células desse tecido são especializadas em processar informações de todo o corpo. Os neurônios são as principais células de transmissão de informações e atuam juntamente com as células da glia.

Função do tecido nervoso

O tecido nervoso é o responsável pela comunicação de todo o corpo e reconhecimento de estímulos externos em frações de segundo.

Os neurônios transmitem ao sistema nervoso os estímulos que recebem, o sistema nervoso decodifica a mensagem e transmite uma resposta.

Células do tecido nervoso

As células nervosas dão origem aos tecidos nervosos que constituem todos os órgãos do sistema nervoso: o encéfalo, a medula espinhal, os gânglios e os nervos.

Elas podem ser de dois tipos conhecidos como neurônios e células gliais, ou células da glia.

Neurônios

Os neurônios são os responsáveis por transmitir informações através de neurotransmissores que provocam as sinapses e impulsos elétricos. Essas células são capazes de se regenerar muitas vezes ao longo da vida.

No cérebro humano existem cerca de 80 bilhões de neurônios, muitos morrem e depois se regeneram e outros são substituídos.

Os neurônios possuem três regiões:

  1. Corpo celular: onde ficam o núcleo e outras organelas;
  2. Dendritos: prolongamento curto do corpo celular com muitas ramificações nas pontas;
  3. Axônios: prolongamento mais longo do corpo celular, com espessura constante e envolvido por oligodendrócitos e células de Schwann.
Células nervosas - Neurônios
Células nervosas – Neurônios.

Células da glia

As células da glia são muito numerosas e compõem a maior parte do tecido nervoso, chegando a ocupar 80% do total.

Essas células são associadas aos neurônios, fornecendo nutrientes, proteção e sustentação para que eles transmitam as informações corretamente.

Além disso, as células gliais são as responsáveis por modular as sinapses e os impulsos elétricos. Elas também auxiliam na síntese de novos neurônios, chamada de neurogênese.

As células gliais podem ser dois tipos:

  1. Microgliais: atuam na proteção do tecido nervoso, fagocitando moléculas invasoras, como os macrófagos fazem no sistema imunológico;
  2. Macroglias: ajudam na transmissão de impulsos nervosos e possuem quatro tipos celulares, os astrócitos, os oligodendrócitos, as células de Schwann e as células ependimárias.
Células gliais
Células gliais

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More