Núcleo celular

O núcleo é o comando central da célula!

A importância do núcleo celular foi compreendida pelo cientista escocês Robert Brown. Antes dele, muitos pesquisadores observaram a existência do núcleo, mas não entenderam a importância dele para o funcionamento celular.

O nome núcleo escolhido por Brown vem do grego nux e significa semente. Para ele, o núcleo da célula era como a semente dos frutos.

O núcleo é uma característica exclusiva de células eucariontes e é ele que diferencia essas células das células procariontes.

Função do núcleo

O núcleo funciona como o centro de controle de todas as atividades celulares e armazena as informações genéticas e hereditárias de cada ser vivo.

Os cromossomos que compõem as moléculas de DNA ficam armazenados dentro do núcleo e carregam todas as informações que são características daquela espécie e daquele indivíduo.

Cada região do DNA é responsável por enviar informações aos ribossomos que irão codificar a síntese de proteínas para fins específicos.

O núcleo também está envolvido na divisão celular, pois ele precisa crescer e se partir em duas partes para que a mitose e a meiose aconteçam.

Componentes do núcleo

Núcleo celular - Componentes
Núcleo celular – Componentes

Carioteca

A carioteca é a membrana porosa que envolve o núcleo e, assim como a membrana plasmática, ela é composta por lipídios e proteínas.

A parte externa da membrana está conectada com o retículo endoplasmático e, geralmente, tem ribossomos aderidos. Já na parte interna existe uma rede de proteínas chamada de lâmina nuclear que sustenta a carioteca.

Além disso, a lâmina nuclear ajuda na divisão celular, pois é ela a responsável por fragmentar e reconstituir o núcleo.

Cromatina

A cromatina é composta por moléculas de DNA que estão associadas as proteínas histonas. Se a cromatina se apresentar densa e enrolada, ela é chamada de heterocromatina. Se ela tiver uma consistência frouxa, é chamada de eucromatina.

Cariótipo

Cada espécie possui um número de cromossomos específico que constituem o cariótipo. Os seres humanos possuem 22 cromossomos autossômicos e 1 par de cromossomos sexuais.

Além do número, em cada espécie os cromossomos possuem tamanhos típicos que facilitam a sua identificação.

Nucléolos

Os nucléolos são estruturas densas e arredondadas compostas pela associação de proteínas, RNA e DNA. Nos nucléolos são produzidas as moléculas de RNA ribossômico que se associam com algumas proteínas para formar os ribossomos.

Essas associações de ribossomos e RNA ribossômico ficam armazenadas dentro do nucléolo e são liberados no momento da síntese proteica.

Divisão celular

A divisão celular é importante para a multiplicação de seres unicelulares e para o crescimento dos seres pluricelulares. O surgimento de uma nova célula é parte de um processo que é chamado de ciclo celular.

Existem dois processos para a divisão celular: a mitose e a meiose. Durante a mitose uma célula origina duas células-filhas iguais e os cromossomos ficam muito condensados.

A meiose só ocorre em células gaméticas, pois ela é uma divisão celular que reduz o número de cromossomos da célula, onde uma célula 2n origina quatro células n.

Núcleo celular - Divisão celular
Núcleo – Divisão celular

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More