Ceres – Deusa da agricultura e da fertilidade na mitologia romana

A mitologia é composta por diversas figuras fantásticas como deuses, heróis, monstros e gigantes. Conheça Ceres, a deusa da agricultura na mitologia romana.

0

A mitologia romana é o conjunto de mitos, lendas e crenças que formavam a cultura da Roma Antiga.

Esses povos utilizavam-se de aspectos mitológicos para explicar fenômenos da natureza, a origem da existência e a vida após a morte, além de doenças e outros fatos cotidianos.

A configuração histórica que representa as crenças dos povos antigos é muito importante para a trajetória desse povo desde a antiguidade.

Ceres – Deusa do crescimento e da criação

Ceres - Deusa da mitologia romana
Estátua da deusa romana Ceres.

A deusa Ceres é uma das figuras mais importantes da mitologia romana.

Além de deusa da agricultura e da fertilidade, ela também é conhecida como a deusa do amor maternal e das plantas que brotam.

Assim, ela está relacionada à fertilidade, como deusa protetora da agricultura, da colheita e dos grãos. Nota-se que ela geralmente é representada em obras com plantas nas mãos e/ou nos cabelos.

A deusa Ceres corresponde à deusa Deméter na mitologia grega.

Família da deusa Ceres

A deusa das plantas é filha do Saturno, o deus da geração, abundância, riqueza, agricultura e libertação. Sua mãe era Cibele, descrita como a mãe dos deuses e símbolo da fertilidade.

É lembrada como irmã e amante do deus Júpiter e irmã de Juno, Vesta, Netuno e Plutão.

Proserpina era filha de Ceres e de Júpiter e considerada uma das deusas mais bonitas da mitologia romana.

Símbolos que representam a deusa Ceres

Ceres - Deusa da mitologia romana
Deusa Ceres com coroa de espiga de trigo.

Por ser uma importante deusa da plantas e da fertilidade, é representada principalmente com um cetro e coroa de espigas de trigo. Seus principais símbolos são cestos de frutos e flores.

Homenagens e rituais

O povo romano produzia homenagens a essa deusa no período denominado Cereália. Esse festival consistia na busca por Proserpina, filha de Ceres que fora raptada por Plutão.

Toda a homenagem era feita em 7 dias, representado por mulheres vestidas de branco correndo com tochas, simbolizando a busca por sua filha. A duração do festival era de 7 dias e no fim celebrava o surgir da primavera e a chegada de Proserpina. 

 Curiosidades

O nome Ceres foi incorporado a alimentos compostos por grãos, como o cereal e a cerveja, esta última, traduzida do latim Cerevisia.

O asteroide Ceres, descoberto por Giuseppe Piazzi, possui esse nome em homenagem a deusa romana.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.