Bioquímica da vida – Composição dos alimentos

A combinação de átomos formam a maioria das moléculas que compõe os seres vivos.

0

Todos os seres vivos têm 99,99% de sua composição baseada em apenas seis elementos químicos chamados CHONPS: carbono (C), hidrogênio (H), oxigênio (O), nitrogênio (N), fósforo (P) e enxofre (S).

A combinação desses átomos formam a maioria das moléculas que compõe os seres vivos, os compostos orgânicos.

Além dos compostos orgânicos, os seres vivos também são formados por água e sais minerais, que são os compostos inorgânicos

Mapa Mental - Carboidratos, lipídeos, proteínas, vitaminas, sais minerais
Mapa mental – Bioquímica da Vida

Você pode baixar o mapa mental Bioquímica da Vida em PDF e imprimir para estudar clicando aqui.

Alimentação equilibrada

Uma alimentação equilibrada é baseada na ingestão de alimentos que combinem nutrientes de forma a manter o funcionamento normal do organismo.

A falta ou excesso de qualquer componente pode causar problemas e até enfermidades.

Todos os alimentos possuem tanto componentes orgânicos quanto inorgânicos, entretanto a composição orgânica normalmente é muito maior.

Compostos inorgânicos

Água

O teor de água pode ser variável em todos os seres vivos, assim sendo, nas plantas e animais que utilizamos para a alimentação não seria diferente.

Sais minerais

A composição de sais minerais é diferente em cada alimento. Eles podem ser encontrados tanto nos alimentos de origem vegetal quanto animal.

São extremamente importantes porque atuam em reações enzimáticas, no controle osmótico das células, são constituintes da composição dos ossos e de muitas moléculas orgânicas.

Compostos orgânicos

Aminoácidos

São moléculas pequenas que formam cadeias que dão origens as proteínas.

Cada aminoácido é diferente do outro. Nos humanos, são usados cerca de 20 tipos que podem formar centenas de proteínas diferentes, as moléculas são ligadas por ligações peptídicas.

Proteínas

As proteínas são polímeros muito importante para os humanos. Elas estão ligadas a quase todos os processos do corpo humano e, apesar de serem cadeias longas, as proteínas são moléculas delicadas, algumas ligações são desfeitas, por exemplo, apenas na presença de água.

Quando falamos de proteínas, o binômino “forma e função” sempre estão relacionados: qualquer alteração na forma da molécula pode interferir na sua função e causar um erro.

É por isso que devemos tomar muito cuidado com febres, a temperatura elevada do nosso corpo pode desnaturar proteínas fisiológicas e levar a sérios riscos de vida.

As proteínas estão envolvidas em partes estruturais como músculos e, também, em processos enzimáticos e defensivos, como os anticorpos.

Lipídeos

Os lipídeos são extremamente importantes para os humanos, eles fazem parte da composição das membranas das células além de participarem ativamente de regulações hormonais. Além disso, eles são uma importante fonte energética para o nosso corpo.

Os lipídeos podem ser muito perigosos para a saúde se consumidos em excesso, nosso corpo faz reserva dessa substância podendo levar a obesidade e doenças relacionadas a ela, como hipertensão e entupimento das artérias do coração.

Carboidratos

Os carboidratos são a principal fonte de energia dos humanos, são divididos em três classes: monossacarídeos, oligossacarídeos ou dissacarídeos, e polissacarídeos.

Cada tipo de carboidrato tem uma função e um tipo de absorção no nosso corpo. Estão presentes na maioria dos alimentos de origem vegetal e animal.

Vitaminas

As vitaminas são compostos essenciais a vida humana que só podem ser absorvidos pelo corpo, já que não conseguimos sintetizá-las.

Por isso uma alimentação equilibrada é importante, o déficit de vitaminas pode causar doenças graves como o escorbuto, que é causado pela deficiência de vitamina C.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.