O que foi a Guerra Fria?

A Guerra Fria foi um período marcado pela disputa entre o capitalismo (EUA) e o socialismo (URSS) pela hegemonia mundial.

0

A Guerra Fria ocorreu após a Segunda Guerra Mundial, entre 1947 e 1991. Foi o conflito que determinou a polarização do mundo em dois grandes blocos: o dos países socialistas, liderados pela União Soviética, e o dos países capitalistas, comandados pelos Estados Unidos.

Conhecida por ser uma guerra ideológica, ela se caracterizou pela busca da hegemonia política, econômica, militar e tecnológica entre os EUA e URSS que não se enfrentaram diretamente em um conflito armado.

Porém, é importante salientar que o conflito de interesses provocados pela Guerra Fria desencadeou enfrentamentos armados ao redor do mundo, provocando milhares de mortes e destruições em países do continente africano e asiático, principalmente.

Além disso, ambas as nações apoiaram ditaduras militares, como as que ocorreram na América Latina, incluindo a do Brasil.

O que foi a Guerra Fria? – Resumo

Uma das principais consequências da Segunda Guerra Mundial foi o fim da supremacia europeia no mundo. Assim, duas nações que antes não possuíam tanta visibilidade, passaram a ser vistas e a desempenhar uma intensa influência no mundo.

A Guerra Fria foi um período marcado pela disputa da supremacia política, econômica, tecnológica e militar entre a União Soviética e os Estados Unidos.

Em torno das duas superpotências criou-se dois blocos de atuação internacional que dividiram o mundo em socialista e capitalista.

Tal divergência fomentou uma grande disputa armamentista, territorial e ideológica que deixou o mundo vulnerável, próximo ao extermínio total.

O socialismo passou a ser adotado pelos países influenciados pela União Soviética, ameaçando constantemente o desenvolvimento do capitalismo.

A partir da disputa da hegemonia mundial entre os dois blocos de poder, invasões, guerras e tensões políticas e militares se fizeram presentes ao redor do mundo, espalhando um clima de pânico constante. Igualmente, o desenvolvimento tecnológico, científico e militar surgiram da concorrência entre eles.

Assim, o receio de uma possível Revolução Socialista fez com que países do Ocidente concedessem direitos trabalhistas, ampliando a democracia para o campo social.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.