Quem foi Karl Marx?

Karl Marx foi um sociólogo que se dedicou a estudar o capitalismo e as desigualdades presentes nesse sistema econômico.

0

Karl Marx foi um dos fundadores do socialismo científico. Suas obras tiveram grande influência sobre a Sociologia, Economia, História e Pedagogia.

Marx acreditava que as condições econômicas e a luta de classes eram agentes transformadores da sociedade.

Além disso, ele afirmava que a classe dominante nunca desejaria que a situação mudasse, por estarem em uma posição de conforto.

Enquanto isso, os desfavorecidos deveriam lutar por seus direitos. Para Marx, essa é a luta que moveria a história.

O sociólogo também defendia a mais-valia, ou seja, que o lucro do patrão é conquistado a partir da mão de obra do trabalhador.

Karl Marx — Biografia resumida

Karl Marx nasceu no dia 5 de maio de 1818, em Tréveris, Alemanha.

Ele ingressou na Universidade de Berlim, no curso de Direito, porém, abandonou essa graduação e iniciou o estudo de Filosofia.

Em 1842, conheceu Friedrich Engels, enquanto trabalhava no jornal Gazeta Renana. Os dois, em parceria, escreveram e editaram vários livros e, com o fim do jornal, Marx se mudou para Paris.

O sociólogo começou a fazer publicações com duras críticas ao governo alemão. Com isso, foi expulso da França e da Bélgica.

Graças a arrecadações de seus apoiadores, Marx pôde seguir para Londres, onde continuava investigando os ideais.

Karl Marx faleceu em Londres, no dia 14 de março de 1883, por conta de uma bronquite e problemas respiratórios.

Principais ideias de Karl Marx

Em parceria com o alemão Friedrich Engels, Marx lançou o Manifesto Comunista, às vésperas da Revolução de 1848, na França.

Na obra, o capitalismo é criticado e na parte final existe um apelo para que exista a união dos operários.

Anos mais tarde, em 1867, Marx publicou O Capital, que continha críticas à economia capitalista e, a partir disso, a maneira de pensar a economia, sociologia, entre outras ciências sociais e humanas, passaram a ser diferentes.

Marx ainda propôs a ideia de superar as desigualdades sociais, o que foi nomeado como socialismo científico. A meta seria o comunismo, que representaria a igualdade.

Marxismo

Com a Revolução Industrial, críticos começaram a propor reformulações sociais. Marx testemunhou essas transformações, sendo um dos mais célebres socialistas da época.

Seus ideais influenciaram a Revolução Russa de 1917, além de nomes conhecidos, como Che Guevara e Mao Tsé-Tung.

Todos que adotaram os ideais marxistas buscavam adaptá-los ao contexto e realidade específica.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.