Xô, doenças! Dicas de limpeza em casa para espantar vírus e bactérias

O uso de produtos bactericidas, a limpeza adequada e a troca constante dos objetos de uso pessoal e coletivo são algumas das dicas para espantar doenças.

0

“Mudaram as estações, nada mudou”, é isso mesmo? Essa pode ser a música entoada por Cássia Eller, mas não a sua prática diária. Com as alterações climáticas, o excesso de umidade, a chegada das chuvas e até o mesmo o tempo seco podem acarretar a propagação de doenças.

A grande maioria da população está preocupada com a pandemia do novo coronavírus, o que não está errado, mas, além desse mal, há muitos outros, tal como a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, febre amarela, zica e chikungunya.

Para evitar a propagação da Covid-19, é preciso seguir os protocolos recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), tais como fazer o uso de máscaras, realizar a higienização das mãos com álcool em gel e manter o distanciamento social.

E, no caso do mosquito, a higiene dos ambientes também é a regra. Há a necessidade em retirar recipientes que contenham água parada, cobrir adequadamente os locais de armazenamento de água, fazer a limpeza de calhas e vasilhas de água dos animais.

Além dessas ações, algumas dicas de organização e limpeza para casa podem te ajudar a espantar as bactérias e os vírus, evitando outras doenças. Confira!

Dicas de limpeza para casa

1 — Limpe a casa com produtos bactericidas

Nem sempre o cheirinho de casa limpa é apenas o necessário para retirar as impurezas. A composição dos itens de higiene é algo a ser observado na eficácia de eliminação dos micróbios.

Álcool, cloro, detergente (sabão), iodóforo (antisséptico à base de iodo) e peróxido de hidrogênio, são alguns dos nomes que você precisa verificar se estão presentes no produto.

2 — Siga as instruções do rótulo

Passar um pano com desinfetante pode não limpar com eficiência as superfícies, por isso, é necessário observar o tempo e o modo de aplicação de cada produto, seguindo o passo a passo da sua embalagem.

3 — Dependendo do caso, opte por descartáveis

A sustentabilidade é a prioridade, mas existem casos em que os lenços e toalhas de pano podem ser potenciais transmissores de germes. Quando necessário, prefira produtos de papel.

4 — Limpe e troque os panos e lençóis com alta frequência

Alguns objetos de uso pessoal e coletivo devem ser limpos e trocados com frequência, por conta da alta proliferação de bactérias e fungos. Toalhas de rosto e de banho, panos de prato, esponjas, lençóis, tapetes e cobertas são alguns exemplos deles.

5 — Não esqueça das maçanetas e puxadores

Ao fazer a faxina em casa, não se esqueça de desinfetar os controles de TV e videogame, as maçanetas, os puxadores, as torneiras, os interruptores e tudo aquilo que manuseamos rotineiramente.

6 — Higienize os celulares e computadores

Os celulares e computadores estão presentes em vários contextos do cotidiano.

Quantas vezes, só hoje, você pegou em um deles? Por isso, é importante fazer a sua limpeza, mas com produtos específicos, que não irão causar danos aos dispositivos.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.