Cigarro – Efeitos, malefícios e doenças causadas pelo tabagismo

O cigarro causa mais mortes do que a aids, o uso de cocaína, heroína, os incêndios, juntos. O tabagismo é um dos mais graves problemas de saúde no mundo.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, estima-se que em 2020 o número de mortes pelo tabaco tenha dobrado, alcançando a marca de aproximadamente 8 milhões de mortes anuais.

O produto já provoca mais mortes do que a aids, o consumo de cocaína, heroína, os casos de incêndios, todos esses juntos. Portanto, é um dos mais graves problemas de saúde pública no mundo.

Efeitos do cigarro

O tabaco é rico em uma substância denominada nicotina, estimulante da produção de dopamina – substância química que atua na sensação de prazer do cérebro.

Por meio da fumaça inalada para os pulmões, se propagando no sistema circulatório, a nicotina chega entre sete a 19 segundos no cérebro. Por isso, a nicotina é a grande responsável pela dependência do cigarro.

Ademais, o cigarro detém de uma infinidade de sustâncias nocivas: O alcatrão, resíduo de cor negra, tóxico e cancerígeno; a liberação de monóxido de carbônio; acetato de chumbo; a amônia; a naftalina, entre outros.

Em síntese, pode-se dizer que a substância é muito prejudicial.

Lista de doenças causadas pelo cigarro

O tabagismo está associado a cerca de 50 doenças. Entre elas, estão diferentes tipos de câncer, doenças cardiovasculares e doenças do aparelho respiratório.

Ademais, há outras enfermidades relacionadas ao tabagismo.

  1. Doença de Alzheimer.
  2. Aneurisma da artéria aorta.
  3. Aneurisma cerebral.
  4. Artrite reumatoide.
  5. Asma brônquica.
  6. AVC (derrame cerebral).
  7. Bromidrose plantar (chulé).
  8. Câncer de bexiga, boca, colo do útero, cólon, esôfago, estômago, laringe, língua, pâncreas, próstata, pulmão e rim.
  9. Candidíase oral.
  10. Candidíase vaginal.
  11. Catarata.
  12. Celulite.
  13. Degeneração macular.
  14. Diabetes mellitus.
  15. Dismenorreia (cólicas menstruais).
  16. Doença de Crohn.
  17. DPOC – Bronquite e enfisema pulmonar.
  18. Envelhecimento precoce.
  19. Fratura do colo do fêmur.
  20. Gangrena e amputações.
  21. Gastrite.
  22. Glomerulonefrites.
  23. Hemorroidas.
  24. Hérnia de disco.
  25. Hipertensão arterial.
  26. Impotência sexual.
  27. Incontinência urinária.
  28. Infarto do miocárdio.
  29. Infarto fulminante.
  30. Infertilidade.
  31. Insuficiência renal.
  32. Insuficiência venosa e varizes dos membros inferiores.
  33. Laringite.
  34. Lesões odontológicas.
  35. Leucemia.
  36. Mau hálito.
  37. Menopausa precoce.
  38. Neuropatia óptica.
  39. Osteoporose.
  40. Pé diabético.
  41. Perda da audição.
  42. Pneumotórax.
  43. Pneumonia.
  44. Pólipos intestinais.
  45. Psoríase.
  46. Redução do paladar e do olfato.
  47. Rinite alérgica.
  48. Trombose venosa profunda.
  49. Úlceras de estômago.
  50. Úlceras na pele.

Em números, o tabagismo é responsável por:

  • 90% dos registros de câncer no pulmão.
  • 85% dos óbitos por bronquite crônica e enfisema pulmonar
  • 45% das mortes por infarto (faixa etária inferior a 65 anos)
  • 30% dos óbitos ocasionados por outros tipos de câncer (de boca, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero, leucemia)
  • 25% das causas de doenças vasculares, as quais se inclui o AVC
  • 25% das mortes por doença coronariana (angina e infarto do miocárdio)

Malefícios do cigarro

Os gastos com problemas de saúde causados pelo tabagismo superam os 200 bilhões de dólares, em todo o mundo. Só no Brasil, os custos beiram a meio bilhão de reais no tratamento das doenças.

Sem contar que uma a cada dez mortes está relacionada ao uso do produto.

E o que isso quer dizer? A cada 6 milhões de óbitos por ano, o número de 14 mil diários ou 1 a cada 6 segundos é de responsabilidade de doenças ocasionadas pelo fumo.

Uma pessoa fumante possui a sua expectativa de vida inferior a 13 anos a uma pessoa não fumante. Sendo que cerca de 50% dos adeptos ao tabaco tem a sua morte relacionada a alguma doença acarretada por seu consumo.

Leia também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More