Njord – O deus nórdico Vanir dos mares

A mitologia nórdica têm uma grande riqueza cultural e possui os deuses, muito importantes para suas crenças, pois podem atuar concedendo proteção, paz, amor, fertilidade, entre outros.

As crenças e lendas ao redor do mundo são muito diferentes de região para região. Um grande exemplo disso é a mitologia nórdica, que representa as lendas e crenças dos povos escandinavos da Era Viking.

Suas crenças se diferem muito das cristãs, que são predominantes no Brasil. Por isso, existe uma riqueza cultural muito grande nessa região que vale a pena conhecer.

Os povos escandinavos utilizavam dessas lendas para explicar fenômenos da natureza, a origem da humanidade, a vida após a morte, entre outros. Assim, eles possuíam figuras de heróis, gigantes, feiticeiros, animais mágicos e deuses.

O deus Njord é um dos deuses muito representados e importantes para mitologia nórdica. Njord era um dos deuses do Vanir – o clã dos deuses da fertilidade, do comércio, da paz e do prazer.

Njord – O deus Vanir dos Mares

Njord é o deus dos viajantes dos mares, dos ventos e da fertilidade. Com isso, ele representa a segurança para aqueles que viajam pelo mar, sendo o protetor dos pescadores e dos caçadores.

Por isso, os pescadores e caçadores construíam templos nas florestas ou nas falésias para agradecer pelo que conseguiram e deixavam parte do que obtiveram na caça ou pesca.

Além disso, Njord traz riquezas e boa sorte na condição de terra e filhos.

Família

Njord é o pai de Freya, Deusa do amor e a mais bela, e Freyr, o deus da fertilidade. Seus filhos são frutos de uma relação com sua irmã, Nerthus. Porém, os Aesir não toleravam o casamento entre Njord e sua irmã.

Por isso, o deus Njord se casou com Skadi, a deusa das montanhas, do inverno e da caça.

Casamento

Esse casamento aconteceu porque os Aesir decidiram dar um dos seus homens para se casar com Skadi. Porém, eles estavam todos cobertos e somente os pés a mostra. Então, Skadi escolheu seu marido belos pés e os mais bonitos eram os de Njord.

Entretanto, essa união entre Njord e Skadi não durou, pois a deusa das montanhas não conseguiu se adaptar às costas oceânicas e o deus dos mares não se adaptou as montanhas.

Assim, nasceram as estações do ano, frutos dessa constantes mudança de lares e instabilidade.

Guerra entre o Vanir e o Aesir

Essa foi a guerra que aconteceu entre os dois clãs de deuses, o Vanir, deuses da fertilidade, da paz e prazer, e o Aesir, deuses que residem em Asgard. A Guerra dos Deuses aconteceu entre esses dois clãs, que lutaram um contra o outro, mas ao fim se reconciliaram e se uniram.

Entretanto, como símbolo dessa reconciliação os Vanir enviaram três dos seus deuses ao Aesir. Esses deuses destinados ao outro clã foram Njord, Freya e Freyr.

Assim, Njord passou a viver em uma casa à beira do mar, em Asgard, que deu o nome de Noatun.

Veja também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More