Pergaminho

O pergaminho foi muito utilizado durante a Antiguidade e Idade Média para registrar escritos e desenhos.


Pergaminho é um suporte para escrita ou desenho criado na antiguidade. Feito da pele de animais, principalmente do carneiro, ovelha, cabra ou cordeiro, sua criação foi vista como um ato revolucionário tendo em vista que seu material é resistente e durável.

Amplamente usado durante a Idade Média para copiar livros – atividade desenvolvida nos mosteiros -, o pergaminho perdeu sua utilidade a partir da Idade Moderna.

A popularização da imprensa fez com que o papel cumprisse de maneira mais eficaz para o exercício da escrita.

Atualmente, tal material é utilizado para a confecção de móveis e decoração.

Acredita-se que a origem do pergaminho remonta à cidade de Pérgamo, na Ásia menor. Por isso a escolha do nome.

Como os pergaminhos eram produzidos?

Os pergaminhos eram produzidos a partir da pele de ovelhas, carneiros, cabras, bezerros, cordeiros. Do mesmo modo usavam a pele de animais abortados com o objetivo de obterem um material mais suave.

As peles eram colocadas em um líquido composto de água e cal por cem dias. Depois que os pedaços de carne se separavam e da queda dos pelos, as peles eram secadas e raspadas.

O próximo passo consistia em lavá-las com água fresca. Depois, as peles eram colocadas em um varal, onde ficavam esticadas para que tivessem um formato plano.

Durante esta fase do preparo, que durava cerca de um mês, uma faca específica era passada na pele com o intuito de deixá-la regular e limpa.

Por meio do toque, o fabricante conseguia identificar se o pergaminho estava ou não apto para o uso.

Concluída esta etapa, ele era polvilhado com pedra-pomes ou giz. Isto contribuía para que a tinta aderisse de uma forma mais eficaz a superfície.

Como se escrevia no pergaminho?

Só era possível escrever em um pergaminho por meio de tintas específicas produzidas à base de vegetais e minerais.

A tinta era colocada dentro de uma pena de ganso e assim, as pessoas conseguiam escrever. À medida que a tinta acabava, era necessário colocar o líquido novamente dentro da pena.

Os escribas tinham o hábito de cortar a ponta da pena com o objetivo de tornarem a caligrafia mais limpa e, caso errassem alguma palavra no momento da escrita, a correção seria realizada mais facilmente.

Papiro e pergaminho

Os dois eram utilizados para a escrita durante a antiguidade. Contudo, o papiro é de origem vegetal e só poderia ser armazenado em forma de tubo.

Já o pergaminho é de origem animal, podendo ser enrolado e cortado. Sendo assim, o pergaminho era mais resistente e durável se comparado ao papiro.

Pergaminho
Papiro
Pergaminho
Pergaminho

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More