Plano de aula – Abayomi – A afrodescendência representada no brincar – 3° ano do Ensino Fundamental

Confira o plano de aula que elaboramos intitulado "Abayomi - A afrodescendência representada no brincar" para a sua turma do 3° ano do ensino fundamental!

Compreende-se a importância do brincar como um ato educativo. Isso porque, são nos momentos das brincadeiras que a criança se relaciona com o outro e aprende a lidar com a ansiedade, desejos e frustrações.

Os brinquedos e as brincadeiras mais comuns em nosso país são os de origem europeia, que passaram por adaptações. Entre as brincadeiras, podemos citar:

  • Cabra-cega;
  • Cara ou coroa;
  • Pedra, papel e tesoura;
  • Par ou ímpar;
  • Jogo da velha;
  • Amarelinha;
  • Ciranda;
  • Pipa.

Já em relação aos brinquedos, é bastante comum nos depararmos com bonecas da pele clara, cabelos loiros e olhos azuis. Mesmo em um país composto, em sua maioria, por pessoas negras, as bonecas ainda são retratadas de acordo com os traços fenótipos de nossos colonizadores, os europeus.

Ao mesmo tempo, as bonecas negras, de olhos escuros e cabelos crespos são mais difíceis de serem encontradas.

De modo geral, o mercado comercializa produtos segundo a demanda do público consumidor. Logo, se as bonecas negras são mais difíceis de serem encontradas se comparadas às brancas, isso significa que a demanda das pessoas em relação a elas é menor que em relação às bonecas brancas.

Contudo, nas últimas décadas, observamos um maior número de bonecas negras nas prateleiras das lojas. Isto se deve a um maior acesso à informação, conhecimento e à adoção de uma postura antirracista.

Tal realidade está avançando a passos lentos, por isso, a escola possui suma importância nesse processo. Muitas crianças aprendem a brincar em grupo e com os brinquedos nas instituições escolares.

É fundamental que o ambiente escolar saliente a importância de trabalhar temas que envolvam todos os grupos que formaram o nosso país (indígenas, europeus e africanos).

Por isso, elaboramos esse plano de aula intitulado Abayomi – A afrodescendência representada no brincar, voltado para turmas do 3° ano do ensino fundamental.

Plano de aula – Abayomi – A afrodescendência representada no brincar

TEMA: Abayomi e afrodescendência

DURAÇÃO: 2 aulas de 50 minutos

OBJETIVOS:

  • Explicar a importância do ato de brincar;
  • Discorrer sobre a formação do Brasil;
  • Apresentar a origem da Abayomi;
  • Estimular a criatividade, memória, atenção e esquema corporal.

RECURSOS DIDÁTICOS:

  • Quadro/lousa;
  • Giz/pincel;
  • Imagens e vídeo;
  • Para reproduzir as imagens e o vídeo: TV, computador, projetor de vídeo, notebook;
  • Retalhos de panos;
  • Tesoura.

DESENVOLVIMENTO:

Aula 1

Inicie a aula perguntando à turma qual é a brincadeira que eles mais gostam de brincar. À medida que os estudantes forem falando, escreva no quadro.

Em seguida, pergunte em relação aos brinquedos, quais brinquedos os estudantes sentem mais prazer na hora de brincar. Faça o mesmo movimento, escreva no quadro.

Feito isso, circule no quadro a palavra “boneca” e pergunte: Quando vocês vão ao mercado ou à alguma loja de brinquedos, como geralmente são as bonecas que vocês veem nas prateleiras?

Depois que todos responderem, mostre as seguintes imagens:

Imagem 1

Plano de aula - Abayomi - A afrodescendência representada no brincar
Boneca

Imagem 2

Plano de aula - Abayomi - A afrodescendência representada no brincar
Boneca

Imagem 3

Plano de aula - Abayomi - A afrodescendência representada no brincar
Boneca

Imagem 4

Plano de aula - Abayomi - A afrodescendência representada no brincar
Boneca

Imagem 5

Plano de aula - Abayomi - A afrodescendência representada no brincar
Boneca

Pergunte o que essas bonecas têm em comum. Quando eles forem falando das características das bonecas, escreva-as no quadro.

Em seguida, com o auxílio de um notebook, abra o navegador e digite a palavra “boneca”. Peça para que os estudantes contem quantas bonecas brancas e quantas negras aparecem.

Feito isso, pergunte: Por que vocês brincam? O que vocês sentem quando brincam? E, depois de brincar, vocês ficam alegres ou tristes?

Em seguida, mostre uma imagem que contenha um indígena, um europeu e uma pessoa negra.

Plano de aula - Abayomi - A afrodescendência representada no brincar
Branco, indígena, negra.

Fale brevemente como ocorreu a formação do povo brasileiro. Aponte para o garoto branco, para o indígena e para a moça negra e explique que os brasileiros são formados, em sua maioria, por essas três raças, principalmente pela última.

Por isso a importância de termos brinquedos que retratem as três raças igualmente nos estabelecimentos comerciais e nas buscas pela internet. O Brasil é um país miscigenado, sendo assim, os brinquedos devem retratar toda a população brasileira e não somente um povo.

Em seguida, fale que existem alguns brinquedos que retratam a cultura de cada um desses povos. Saliente que, hoje, você falará sobre a Abayomi, uma boneca afrodescendente (reproduza a imagem).

Plano de aula - Abayomi - A afrodescendência representada no brincar
Abayomi

Narre a história dessas bonecas que foram criadas pelas mães africanas para acalmarem seus filhos nos navios negreiros.

Diga que essa foi a forma encontrada de tranquilizar as crianças que estavam indo para um local desconhecido e que não tinham a mínima noção do que o futuro lhes reservava.

Em seguida, resgate as perguntas que você fez à turma sobre o que os estudantes sentem quando brincam. Diga que o ato de brincar relaxa e acalma a criança, por isso, essas mães viram nas bonecas uma forma de acalmar seus filhos nas viagens longas que enfrentavam.

Por fim, convide-os a assistir o seguinte vídeo: Como Fazer uma Boneca Abayomi, disponível no YouTube. Confira:

Após a reprodução do vídeo, solicite que os estudantes tragam para a próxima aula retalhos de pano para que vocês possam produzir bonecas Abayomi.

Aula 2

Nesta aula, vocês deverão assistir novamente ao vídeo e produzir as bonecas. Em seguida, deixe a turma livre para brincar com as mesmas.

Divirtam-se!

Veja mais em:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More