Carnaval de Olinda – História, origem e fotos

A cidade pernambucana tem um dos carnavais mais tradicionais do Brasil, com desfiles de bonecos e muito frevo. Saiba mais sobre o Carnaval de Olinda.

0

Um dos aspectos mais conhecidos de nossa cultura é o carnaval! Apesar das festas carnavalescas mais conhecidas mundialmente serem as das escolas de samba do Rio de Janeiro, existem muitas outras comemorações nessa data em nosso país.

Uma delas é o Carnaval de Olinda. A cidade situada na região metropolitana de Recife possuí um dos carnavais mais tradicionais do Brasil.

As festividades carnavalescas da cidade começaram no início do século XX, com o surgimento de clubes carnavalescos. Sendo os mais famosos: Misto Vassourinhas e Misto Lenhadores.

Já em 1932, saiu para desfile o primeiro boneco gigante de Olinda, o Homem da Meia-Noite, animando as ruas e dando início a uma tradição que ainda persiste.

Bonecos de Olinda

Ao pensar no carnaval de Olinda, sem sombras de dúvidas nos lembramos dos bonecos gigantes que desfilam pela cidade. Feitos de madeira, tecido e papel os bonecos são conduzidos pelas ruas de Olinda, animando os foliões.

Além disso, os bonecos de Olinda costumam ser representações de figuras importantes para a história do Brasil e do mundo. Portanto, podemos encontrar facilmente bonecos de políticos, atores, cantores, atletas, entre outras personalidades.

Porém, os bonecos gigantes não são a única atração do famoso carnaval de Pernambuco. Há também muita música e dança!

Um exemplo de dança que anima as festividades desta época é o frevo. As ruas de Olinda são tomadas por desfiles regados por muito samba e frevo.

A origem do frevo aconteceu na cidade de Recife, entretanto, este ritmo musical já está atrelado ao carnaval de Olinda há alguns anos.

As apresentações da dança são verdadeiros espetáculos, não só para a festividade pernambucana, como também para toda a cultura brasileira.

O carnaval de Olinda mistura traços culturais dos povos que ajudaram na formação do Brasil. Sendo assim, encontramos aspectos das culturas negra, europeia e indígena.

Portanto, com tantos elementos interligados, que fomentam esta comemoração tipicamente brasileira, o carnaval de Olinda é um dos destinos turísticos mais visados desta época do ano.

Mais de um milhão de foliões animam as ruas da cidade todo ano. Além disso, existem cerca de 500 grupos carnavalescos que desfilam pelas ruas de Olinda. Isso, sem contar os clubes de maracatu, troça, afoxé, frevo e caboclinho.

Veja mais:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.