Lenda do Papa-figo – Folclore brasileiro

Essa figura do folclore brasileiro, também conhecido como velho do saco, é presente hoje principalmente nas regiões do nordeste. Confira a lenda do Papa-figo!

0

A lenda do Papa-figo possui relatos de ter um início verdadeiro. Conhecido também como homem do saco, esse personagem do folclore brasileiro causa medo entre as crianças desobedientes.

Para educar seus filhos, pais costumam contar a história com o ensinamento da necessidade de obedecer aos pais e ter cuidado com estranhos.

Essa figura, semelhante ao bicho-papão, também está presente em outros países como na Argentina e no Chile.

Lenda do Papa-figo ou Homem do saco

A lenda é conhecida principalmente no folclore do Nordeste devido aos relatos de casos de desaparecimento de crianças na região de Recife, Bahia e na Paraíba. Uma versão detalhada afirma que o Papa-figo era um homem de alta classe, portador de uma terrível doença.

A história nasce no Recife de 1886, com Pedro Luís, filho de um grande senhor da alta sociedade pernambucana. Muito pálido, descobriram que ele tinha uma doença rara, sem remédio nem cura.

Um dos negros escravizados que trabalhava para Pedro, chamado José, habilitado em feitiçaria, pensou que poderia receber um benefício em razão da doença. Dessa forma, o homem afirmou conhecer a cura: seria necessário comer fígado de criança.

À procura da liberdade, José se propôs a buscar os fígados e, naquela mesma noite, o homem saiu pelas ruas de Recife com um saco nas costas. No caminho, até pensou em vender os fígados para conseguir comprar sua alforria, mas Pedro Luís negou a oferta.

Pedro aconselhou José a procurar um homem branco para fazer o trabalho cruel, visto que assim chamaria menos atenção.

Depois de muita procura, José achou um português chamado Joaquim, de boa aparência e terrível coração. Então, Joaquim saiu em busca de crianças nas ruas. Ele oferecia doces somente àquelas que ele julgava desatentas e desobedientes.

Contudo, a doença avançava cada vez mais, apesar dos esforços macabros. Pedro perdeu seus criados e ele mesmo começou a sair pelas ruas.

*Adaptado de vídeo do canal do YouTube Causos de Cordel.

Aparência do Papa-figo

A lenda diz que o homem era velho, corcunda, barbudo e carregava um grande saco nas costas.

Algumas versões contam que o homem possui dentes de vampiro e garras nas mãos, já outras contam que ele se transforma em lobisomem.

Com feições terríveis, provenientes de uma misteriosa doença, o personagem foi citado em inúmeros textos de antropólogos como Luís da Câmara Cascudo e Gilberto Freyre.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.