Paulista e paulistano – Qual a forma correta?

Termos são motivo de dúvida porque estado e capital levam o mesmo nome: São Paulo. Saiba quando utilizar cada um deles.

0

Suponha que você conhece uma pessoa que nasceu em São Paulo. Durante a conversa sobre a cidade natal do outro, surge uma dúvida: afinal, ele é paulista ou paulistano?

As duas formas estão corretas, mas se referem a coisas diferentes. A confusão acontece porque tanto o estado quanto a capital levam o mesmo nome.

Por isso, vamos esclarecer a diferença entre paulista e paulistano.

Paulista ou paulistano?

Paulista e paulistano são gentílicos, ou seja, designam uma pessoa conforme seu local de nascimento ou onde residem.

Também chamados de adjetivos pátrios, essa classe de palavras pode estar relacionada a cidades, estados, países e continentes.

Desta forma, paulista é a pessoa que nasceu ou vive no estado de São Paulo; e paulistano é a pessoa que nasceu ou vive na cidade de São Paulo.

Isso significa que todo paulistano também é paulista, pois nasceu na capital do estado de São Paulo. Entretanto, nem todo paulista é paulistano, já que pode ter nascido em qualquer outra cidade do estado.

E no Rio de Janeiro?

O caso se repete no Rio de Janeiro, onde capital e estado também possuem o mesmo nome. Os termos carioca e fluminense indicam pessoas nascidas ou que residem nessa localidade.

Nessa situação, o termo correto para designar quem nasce no estado do Rio de Janeiro é fluminense, enquanto uma pessoa natural da capital é chamada de carioca.

Gentílicos brasileiros

Nas demais Unidades Federativas do Brasil não há motivos para confusão, uma vez que os nomes das capitais são diferentes dos estados.

Confira alguns exemplos:

  • Belo Horizonte, capital de Minas Gerais: belo-horizontino e mineiro;
  • Curitiba, capital do Paraná: curitibano e paranaense;
  • Fortaleza, capital do Ceará: fortalezense e cearense;
  • Goiânia, capital de Goiás: goianiense e goiano;
  • Manaus, capital do Amazonas: manauense e amazonense;
  • Palmas, capital de Tocantins: palmense e tocantinense;
  • Recife, capital de Pernambuco: recifense e pernambucano;
  • Salvador, capital da Bahia: soteropolitano e baiano.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.