Geografia do Ceará

O Ceará é um estado localizado na região Nordeste do país. Saiba mais sobre as características geográficas do local, como relevo, clima e recursos naturais.

0

O Ceará é um estado brasileiro localizado na Região Nordeste do país. O local é cercado por formações de relevos altos, chapadas e cuestas, além de ser banhado pelo Oceano Atlântico. A área total do Ceará é de 148.920,538 km² e o território conta com 184 municípios.

O clima do estado varia de acordo com a localização. No litoral, predomina o semiúmido, com temperaturas médias de 27°. Já no sertão, esse número chega a 29°, enquanto nas serras, os registros são de, aproximadamente, 22°.

A capital do Ceará é Fortaleza. A estimativa é de que 2,6 milhões de pessoas vivam na cidade. A zona portuária faz parte da localização. Além disso, é responsável pelo entrocamento viário. Os serviços da cidade também se concentram em industriais e comerciais.

Características geográficas do Ceará

O Ceará, localizado ao nordeste do Brasil, faz fronteira com o Pernambuco (ao Sul), Paraíba (ao Sudeste), Rio Grande do Norte (a Leste), Piauí (a Oeste) e Oceano Atlântico (ao Norte). Por ser localizado próximo à Linha do Equador, o estado tem grande incidência de ventos.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o território cearense é composto por sete mesorregiões e 33 microrregiões. Já o governo do estado define que o Ceará conta com oito macrorregiões e vinte regiões administrativas. Além disso, existem três regiões metropolitanas, que são:

  • Região Metropolitana Cariri (RMC)
  • Região Metropolitana de Sobral (RMS)
  • Região Metropolitana de Fortaleza (RMF)

A população do estado foi formada pela miscigenação indígena, negros, colonizadores e europeus. Apesar disso, sua ocupação se deu graças à influência da seca. Atualmente, a distribuição de habitantes é muito desregular, com grande contraste demográficos entre as zonas cearenses.

Relevo do Ceará

O Ceará conta com relevos compostos por planaltos, planícies, várzeas, serras, sertões, chapadas e cuestas. A leste e ao Sul, o estado é delimitado pela Chapada do Araripe, a Oeste, pela Cuesta de Ibiapaba.

O ponto mais alto do Ceará é o Pico Serra Branca, que se localiza na Serra Olho d’Água, com altitude de 1.154 m. Depois, encontra-se o Pico Alto, em Guaramiranga, com 1.114 m de altitude. Graças à Serra de Guaramiranga, existe uma grande atração turística no local.

Pico Serra Grande
Pico Serra Grande, o mais alto do Ceará.

As serras do estado ultrapassam os 600 m. Por possuírem maior nível pluviométrico, o clima é úmido. Nesses locais, as vegetações são características de florestas tropicais, além de também apresentarem partes de caatinga.

No sertão, ainda se encontra inselbergs, que são resquícios de relevo alto erodido.

Clima do Ceará

Por possuir boa parte localizada na sub-região do sertão nordestino, o clima do Ceará se caracteriza como semi-árido. Seu índice pluviométrico é baixo, e ainda conta com secas periódicas.

As temperaturas do estado variam de acordo com o lugar. No litoral, encontra-se o clima quente semiúmido, com temperaturas médias de 27° C. No verão, esse número chega a 29° C, enquanto nas serras, as temperaturas são mais baixas, 22° C.

Entre janeiro e julho o período de chuvas se instala nas regiões mais úmidas. Uma estação pré-chuvosa se faz presente em dezembro. Nesses período, o estado ultrapassa os 900 mm anuais, o que garante umidade pelo período de seis meses.

Chuvas de relevo são provocadas pela orografia. Com isso, a Depressão Sertaneja fica mais úmida nas porções semiáridas, especificamente na região central do estado, predomina a escassez de chuva.

Nessa localidade, as chuvas periódicas iniciam em fevereiro e finalizam em abril. Apesar disso, as secas costumam chegar a nove meses. Essa variação climática afeta aproximadamente 92% do território cearense.

A oscilação afeta a Depressão Sertaneja e os sopés de serra. A agricultura e a população são prejudicadas pelos índices pluviométricos que variam entre 500 e 800 m.

Recursos naturais do Ceará

Conheça os principais recursos naturais do Ceará:

  • Ferro
  • Calcário
  • Água Mineral
  • Granito
  • Argila
  • Magnésio

Problemas ambientais do Ceará

Um dos principais problemas ambientais do Ceará são as secas, com mais de 1.700 casos de estiagem registrados entre 1991 e 2012. Além disso, nas cidades maiores, encontra-se poluição do ar, desmatamento e desertificação do solo.

Seca no Ceará
Seca no Ceará.

Além dos problemas ambientais, o Ceará também conta com um grande problema de criminalidade, principalmente na capital, Fortaleza, que é conhecida como uma das cidades mais violentas do Brasil.

Somente no estado, sete municípios estão entre as 500 cidades com maior taxa de homicídios do país.

Veja também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.