Geografia do Estado de São Paulo

O estado de São Paulo é o mais populoso do Brasil. Além disso, sua capital é conhecida como uma das mais diversas para cultura. Confira agora a geografia do estado de São Paulo.

0

O estado de São Paulo, localizado na região sudeste, é o mais populoso e o de maior produção econômica do país. Seus limites geográficos são os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraná, Mato Grosso do Sul e ainda o oceano Atlântico. Sua área total é de 248.219,627 km².

De acordo com o IBGE (2010), a população do estado consiste em 41.262.199 habitantes. Esses estariam então distribuídos nos 645 municípios presentes no estado. Além disso, o crescimento demográfico é de 1,1% ao ano.

A capital, cidade de São Paulo, possui a fama de ser muito diversa quando se fala de cultura. Por isso, o lazer pode ser intenso e diverso na cidade.

São Paulo - SP
Edifícios comerciais na Avenida Paulista, na cidade de São Paulo – SP.

Confira agora todos os detalhes da geografia do estado de São Paulo.

Relevo

O relevo do estado de São Paulo é dividido em quatro partes:

Planície Litorânea: Dependendo do local, pode ser muito estreita. Sua máxima extensão é no vale do rio Ribeira do Iguapé, onde chega a atingir 60km.

Serra do Mar: A serra do mar se encontra entre a planície litorânea e o planalto. Esse relevo forma um paredão que vai desde Santos até a divisa com o Rio de Janeiro. Esse paredão pode tanto descer verticalmente sobre a planície litorânea quanto diretamente sobre o mar.

Planalto Cristalino: Nessa área, encontra-se cristas montanhosas e colinas. É onde se localiza a Serra da Mantiqueira, os maciços da Bocaina e a Pedra da Mina.

Planalto Ocidental Paulista: Essa área ocupa pelo menos a metade da extensão territorial do estado de São Paulo. Na medida em que o planalto avança sentido leste, sua altitude cai de 700 para 300 metros.

Clima

O clima do estado de São Paulo varia de acordo com a latitude. Um exemplo, é Campos do Jordão, que se localiza a 1.600 metros acima do nível do mar. Durante os dias de inverno, a cidade pode atingir temperaturas negativas.

Geada em Campos do Jordão, São Paulo
Termômetro mostra temperatura negativa na cidade de Campos do Jordão, São Paulo.

Já no interior do estado, durante o verão, a temperatura pode alcançar mais de 33°C com muita facilidade.

Na capital, encontra-se o clima subtropical, que se influencia pela altitude. Além disso, fatores como a poluição também podem influenciar nas alterações de temperatura. Isso é registrado principalmente durante o inverno, quando é muito comum a inversão térmica.

No estado de São Paulo, as estações do ano geralmente são bem definidas. Menos na Serra do Mar, que é mais seca.

Vegetação

No estado de São Paulo, a vegetação varia de acordo com a região do estado. Próximo ao mar, pode-se encontrar a Mata Atlântica. Na costeira, restinga, manguezais e dunas. Já na área central, o cerrado domina.

Economia

O estado de São Paulo é responsável por um terço do Produto Interno Bruto (PIB) do país. Suas atividades de maior destaque são as indústrias. Isso por possuir as maiores empresas de metal-mecânica, automóveis, química, alimento, eletroeletrônica, informática e aeronáutica.

Montadora automotiva em São Bernardo do Campo - SP
São Bernardo atraiu montadoras e foi capital do automóvel nos anos 1950.

Em outros locais do estado, também encontra-se um forte polo industrial. Como por exemplo, Campinas, com suas empresas de informática, telecomunicações e petroquímica.

Além de Vale do Paraíba, que também possui indústrias bem diversificadas, que vão desde itens de higiene até carros ou aviões.

Ainda na área da economia, o estado de São Paulo também se destaca no ramo da agropecuária, sendo um dos maiores produtores de grãos, café, leite, aves e ovos. Ainda mais, possui um grande avanço tecnológico e lidera quanto ao cultivo de cana-de-açúcar e laranja.

Hidrografia

No estado de São Paulo estão localizadas três regiões hidrográficas. Essas são:

Região Hidrográfica do Atlântico SudesteNessa região existe uma grande demanda hídrica, principalmente por ser uma das áreas com maior densidade populacional e industrialização do país.

Essa região hidrográfica equivale a 2,5% do território nacional, e, nela, localizam-se as regiões metropolitanas de Vitória, Rio de Janeiro e Baixada Santista.

Região Hidrográfica Atlântico do SulEssa Região hidrográfica banha o Rio Grande do Sul, a divisa do Brasil com o Uruguai e São Paulo. Mas, não possui grande relevância no estado de São Paulo, já que banha somente os municípios de Cananeia e Ilha Comprida.

Região Hidrográfica do Paraná: Além de São Paulo, essa região hidrográfica também banha outros estados, como Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, Santa Catarina, Campinas e Curitiba.

O estado de São Paulo possui alguns rios principais, que são:

  • Rio Tietê
  • Rio Grande;
  • Rio Mogi-Guaçu;
  • Rio Paraíba do Sul;
  • Rio Paranapanema;
  • Rio Piracicaba;
  • Rio Ribeira do Iguapé.

Problemas ambientais

Os principais problemas ambientais encontrados no Estado de São Paulo são o desmatamento e a poluição, sendo atmosférica, da água, no solo e nos principais centros urbanos.

Poluição do ar na cidade de São Paulo - SP
Poluição do ar na cidade de São Paulo – SP.

Recursos naturais

Os principais recursos naturais do estado de São Paulo são: calcário, ferro, chumbo, alumínio, cobre e diamante.

Conteúdo relacionado:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.