Geografia do Amazonas

Apesar de ser o maior estado brasileiro em território, o Amazonas possui uma baixa densidade demográfica em comparação aos outros estados.

0

O estado do Amazonas faz parte da região norte do nosso país. Além de ser o maior estado do Brasil, com a área total de 1.559,117 Km², possui a maior biodiversidade de todo o mundo.

Entretanto, mesmo sendo o maior estado, ele possui uma baixa densidade demográfica. Sendo que segundo o último Censo Demográfico existiam apenas 3.483.985 habitantes distribuídos em seus 62 municípios.

A capital do estado é Manaus, com 2,1 milhões de habitantes. Apesar disso, outras cidades como Parintins, Itacoatiara e Manacapuru também estão entre as mais populosas e importantes para o estado.

No Amazonas estão localizados os pontos mais elevados do país, como o pico da Neblina, com 3.014 metros de altitude, e o 31 de Março, com 2.994 metros.

Outra característica de destaque da região é seu relevo. Isso porque o território do estado apresenta depressão em sua maior parte, e uma planície localizada perto do rio Amazonas. Ainda existem planaltos a leste.

Vegetação

Sem sombras de dúvidas, a vegetação do estado é outro grande destaque. Estamos falando da Floresta Amazônica que cobre o estado.

Árvores de grande porte são encontradas na floresta amazônica
Árvores de grande porte são encontradas na floresta amazônica.

Desta forma, devido a sua vegetação, o clima da região é o equatorial úmido, com temperatura média anual de 26,7 °C.

Apesar de ser conhecido pela floresta, a extração de madeira é ilegal no estado, sendo um dos problemas da região. Os principais recursos naturais do Amazonas são o ferro, estanho, bauxita e manganês.

Além disso a umidade relativa do ar fica em torno de 80%, com suas estações bem definidas, sendo elas o verão seco, ou menos chuvoso, e o inverno com bastante chuva.

O estado do Amazonas possui uma das maiores bacias hidrográficas do mundo, concentrando cerca de 20% de toda a água doce do planeta Terra. Além do Rio Amazonas, no estado ainda existem os Rios Negro, Solimões, Purus, Madeiras, dentre outros.

Características geográficas

O Amazonas é o maior estado brasileiro, com a área total de 1.559,117 km². O estado faz divisa com Rondônia, Mato Grosso, Acre e Peru.

Além disso, possui 62 municípios, que são divididos em 13 regiões. Essas são:

  • Alto Solimões;
  • Boca do Acre;
  • Coari;
  • Itacoatiara;
  • Japurá;
  • Juruá;
  • Madeira;
  • Manaus;
  • Parintins;
  • Purus;
  • Rio Negro;
  • Rio Preto da Eva;
  • Tefé.

Relevo

As principais formas geográficas encontradas no Amazonas, são depressões e planícies.

Alguns desses principais relevos são:

  • Planície do Rio Amazonas;
  • Planaltos Residuais Norte-Amazônicos
  • Planalto da Amazônia Oriental
  • Depressão Marginal Norte-Amazônica;
  • Depressão da Amazônia Ocidental;
  • Depressão Marginal Sul-Amazônica.

As altitudes na planície do Rio Amazonas podem variar de 100 a 200 metros acima do nível do mar. No planalto da Amazônia Oriental, variam entre 400 e 500 metros.

Os planaltos Residuais Norte-Amazônicos conseguem ultrapassar os 1.500 metros de altitude. Nesse local, encontra-se um dos pontos mais altos do Brasil, que é o Pico da Neblina, com 3.014 metros de altitudes. Esse relevo se encontra na fronteira com a Venezuela.

Clima

O estado é próximo da linha do Equador. Por isso, o clima predominante é o equatorial. Isso é um diferencial em relação à maioria dos outros estados brasileiros, que possuem clima tropical.

A temperatura é relativamente alta, assim como os níveis de chuva. Esses fatores estão ligados, pois as altas temperaturas promovem a evaporação, que consequentemente aumentam os índices pluviométricos.

As chuvas são bem distribuídas no decorrer do ano e as estações são bem definidas. Nos meses de julho e agosto, é seco em algumas regiões do estado.

Recursos naturais

Os principais recursos naturais do Amazonas são:

Ferro;
Manganês;
Estanho;
Bauxita.

Problemas ambientais

Os principais problemas ambientais enfrentados pelo Amazonas são:

Desmatamento;
Poluição de rios;
Poluição do ar na capital.

Conteúdo relacionado:

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.