Como o coronavírus pode ser cobrado no Enem e vestibulares

Saiba como o Enem o os maiores vestibulares do país poderão abordar o novo coronavírus nas provas!

0

O coronavírus é um vírus já conhecido pelos humanos por causar síndromes respiratórias graves desde 1960. Ele faz parte de uma família chamada Coronaviridae que possui muitas espécies.

Esses vírus já causaram outras duas grandes epidemias no mundo: a Síndrome Respiratória Aguda Grave (Sars) e a Síndrome Respiratória do Oriente Médio (Mers).

Os coronavírus podem causar desde um resfriado até uma síndrome grave com insuficiência respiratória.

O que é o novo coronavírus?

No final de 2019, uma nova espécie de coronavírus foi descoberta infectando humanos durante um surto em Wuhan, na China. Esse novo vírus foi chamado de novo coronavírus.

O novo coronavírus é uma mutação dos vírus anteriores que ainda era desconhecido e se espalhou rapidamente por alguns motivos: ele é um vírus com alto poder de transmissão e nós não temos anticorpos contra ele.

A doença causada pelo novo coronavírus foi chamada pela Organização Mundial de Saúde de COVID-19.

Como o coronavírus pode cair no Enem ou nos vestibulares?

Por ser uma pandemia, ou seja, uma doença que acometeu o mundo todo e já matou milhares de pessoas, é certo que será um assunto cobrados nas provas em 2020.

Então, vamos ver abaixo de que formas o novo coronavírus pode ser cobrado.

O nome da doença e o nome técnico do vírus

O nome da doença causada pelo novo coronavírus é COVID-19 e o nome técnico do vírus foi definido como SARS-Cov-2.

Transmissão de COVID-19

Transmitida pelo ar ou contato com objetos contaminados com gotículas de saliva contendo o vírus.

Sintomas de COVID-19

Na maioria dos casos, essa doença se apresenta como uma gripe, no entanto, pode evoluir para casos mais sérios causando insuficiência respiratória e renal.

Grupos de risco

Também pode ser cobrado na sua prova, quem são as pessoas mais afetadas pelo COVID-19. O grupo de risco são:

  • Idosos que possuem uma saúde mais fragilizada;
  • Pessoas imunodeprimidas, hipertensas, diabéticas e com doenças cardíacas ou renais.

Estrutura dos vírus

A estrutura de um vírus é muito particular. É importante lembrar que os vírus são os únicos seres que não pertencem a nenhum Reino.

Eles são seres acelulares, ou seja, não têm uma estrutura celular, por isso muitos cientistas nem os consideram como seres vivos.

O corpo dos vírus é composto por uma cápsula de proteína, chamada de capsídeo, juntamente com glicídios e lipídios.

Dentro do capsídeo são encontradas moléculas de DNA ou RNA, nunca os dois juntos.

Também é importante destacar que os vírus não possuem metabolismo próprio, por conta disso, são parasitas obrigatórios e só conseguem se reproduzir no interior da célula de outro ser vivo.

Vírus - Estrutura viral
Vírus – Estrutura viral.

Tratamento viral

Geralmente, não existem tratamentos eficazes para doenças virais. O que se pode fazer é tratar os sintomas e manter um estilo de vida saudável para que a resposta imunológica seja rápida.

Medidas preventivas contra o vírus

Também podem ser cobrados numa prova quais as medidas de profilaxia para doenças virais.

Vacinas

As vacinas são métodos eficientes produzidos com o agente patológico do vírus em forma atenuada ou uma substância produzida pelo vírus.

A vacina provoca o sistema imunológico para que ele produza anticorpos contra aquele patógeno, causando a imunização daquela pessoa.

Vírus - Profilaxia - Vacina
Vírus – Profilaxia – Vacina

Hábitos de higiene pessoal

Os hábitos de higiene pessoal são eficientes contra doenças virais. É importante que você saiba que lavar sempre as mãos e utilizar álcool gel destroem a cápsula do vírus e matam esse agente patológico.

Aqui também entram o não compartilhamento de objetos, manter ambientes arejados e evitar aglomerações.

Vírus - Profilaxia - Lavar bem as mãos
Vírus – Profilaxia – Lavar bem as mãos
Vírus – Profilaxia – Utilizar álcool em gel

Conceitos de termos utilizados

Surto: acontece grande números de casos em uma população, mas afeta uma pequena região.

Epidemia: quando o surto se espalha por uma cidade ou país.

Pandemia: quando o surto se espalha pra dois continentes ou mais.

Outras doenças causadas por vírus

Quando uma doença viral acomete o mundo todo, é natural que outras doenças causadas por vírus sejam lembradas. Não se esqueça de revisar as principais:

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.