Linguagem do Humanismo

Como diversos outros setores da sociedade da época, a linguagem do Humanismo foi caracterizada pelo movimento.

A Europa passou por uma importante revolução que mudou não só a economia, mas também a forma de fazer arte e ciência. O Humanismo foi um movimento que ficou conhecido por estimular a ruptura da influência da Igreja Católica e o pensamento teocêntrico da Idade Média.

Originário da Itália no século 15, o movimento propôs mudar o foco para o ser humano e os modos que possibilitam a sua melhoria. Por isso, ocorreu a mudança nos paradigmas sociais, culturais, econômicos e políticos.

Dentre os fatores que foram influenciados pelo Humanismo, a arte passou por mudanças significativas. Isso ocorreu, em grande parte, porque a Imprensa e navegações mostraram culturas e pensamentos distintos. Também, a ascensão da burguesia e o absolutismo do rei desestabilizaram a Igreja Católica e suas influências.

Assim, a população passou a acreditar que a religião não era o centro de tudo. Como a arte reflete os aspectos da vida, com o Humanismo, várias características foram incorporadas.

A Linguagem do Humanismo

Durante a Idade Média, a arte tinha como foco a religião. Com o fortalecimento do antropocentrismo, os temas das artes plásticas e literatura se transformaram.

Além disso, a arte teve um papel de crítica social, evidenciando temas cotidianos da população. Nesse sentido, surgiram quatro categorias literárias:

1 — Poesia humanista

Até então, poemas eram recitados como músicas. A poesia humanista marcou a distinção entre música e poesia.

2 — Crônicas históricas

As crônicas históricas tratavam da vida da monarquia por meio de documentos históricos. Por essa razão, a objetividade era vista como essencial.

3 — Novelas de cavalaria

As novelas eram histórias ficcionais para entretenimento, com personagens heroicos e religiosos.

4 — Textos teatrais

Os textos teatrais eram divididos em duas modalidades: autos e farsas. Autos eram textos curtos e bíblicos, já farsas retratavam o dia a dia na sociedade de forma cômica.

Principais autores do Humanismo

Confira uma breve lista com os principais autores do Humanismo:

  • Francesco Petrarca (1304-1374)
  • Dante Alighieri (1265-1321)
  • Giovanni Bocaccio (1313-1375)
  • Erasmo de Roterdã (1466-1536)
  • Michel de Montaigne (1533-1592)
  • Fernão Lopes (1390-1460)
  • Gil Vicente (1465-1536)

Leia também:

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More