Humanismo Renascentista

O Humanismo Renascentista foi um movimento intelectual que surgiu na Europa durante os séculos XIV e XVI.

0

O humanismo renascentista foi um movimento intelectual surgido no continente europeu durante o Renascimento (séculos XIV e XVI).

O humanismo foi uma das principais características do Renascimento, pois colocou o homem no centro do mundo, rompendo com o pensamento medieval.

Durante a Idade Média, houve uma predominância do pensamento religioso devido a influência da Igreja Católica, a falta de informação e isolamento. Por isso, a Igreja era a maior detentora de conhecimento durante o período medieval.

O Renascimento foi o primeiro grande movimento cultural da Idade Moderna a valorizar diversas áreas do conhecimento, tais como a literatura, filosofia, ciência e matemática.

Sendo assim, o humanismo renascentista surgiu a partir do resgate das obras filosóficas, literárias e científicas da Antiguidade Clássica.

Renascimento

O Renascimento foi um movimento cultural que iniciou-se no século XV na Itália e aos poucos se espalhou por toda a Europa.

Ele surgiu a partir do declínio do feudalismo, quando a terra deixou de ocupar o centro da vida europeu e o comércio se tornou a atividade mais lucrativa.

O crescimento comercial foi o responsável pelo surgimento de uma nova classe, a burguesia. Com isso, o Renascimento surge em um contexto de intensas mudanças vividas pelos europeus.

Ao mesmo tempo, as obras produzidas durante a Antiguidade Clássica são relidas e revalorizadas. A partir de então, o conhecimento científica ganha um novo impulso.

Alguns cientistas como Newton, Kepler, Galileu e Copérnico passam a desenvolver pesquisas que deslegitimam os dogmas pregados pela Igreja Católica, que começa a perder influência, principalmente após a Reforma Protestante.

Nota-se que o Renascimento foi um movimento que inspirou profundas mudanças culturais, políticas, sociais e econômicas que influenciaram o modo de vida dos europeus.

Resumo – Filosofia humanista

O humanismo foi um movimento filosófico que influenciou tanto o campo da filosofia quanto o das artes.

Os filósofos humanistas buscavam priorizar o universo humano em detrimento do pensamento religioso, que ditou o comportamento da sociedade europeia durante a Idade Média.

Ao propor uma nova forma de enxergar o mundo, colocando o homem no centro do universo, o humanismo rompeu com inúmeros paradigmas.

O avanço do cientificismo possibilitou a busca por uma verdade que não emanava somente de Deus, mas de todos os seres humanos que são capazes de refletir a respeito de sua existência no mundo.

As escolas e universidades foram os principais campos de ação do humanismo renascentista. A inclusão de disciplinas como a poesia, língua grega e filosofia fizeram com que a difusão do humanismo no continente europeu ocorresse de forma mais efetiva.

Além disso, a invenção da imprensa no século XV possibilitou a divulgação do conhecimento em larga escala, permitindo que o pensamento humanista atingisse um maior número de pessoas.

Individualismo

De acordo com o individualismo, o homem é dotado de inteligência e por isso, ele pode fazer suas próprias escolhas (livre-arbítrio).

O pensamento medieval baseado na influência religiosa passa a ser desconsiderado, abrindo espaço para o ser humano.

Sendo assim, o individualismo é considerado como uma das características do humanismo renascentista pois valorizou os elementos voltadas para a individualidade humana, incluindo suas emoções.

A desvalorização do pensamento religioso aliado à valorização da racionalidade e à capacidade humana, transformou o ser humano em um ser crítico.

Filósofos e intelectuais humanistas

Vejamos os nomes de alguns filósofos e intelectuais humanistas:

  • Guarino de Verona
  • Jorge de Trebizonda
  • Francesco Barbaro
  • Gasparino Barzizza
  • Marsílio Ficino
  • Giovanni Pico della Mirandola
  • Michel de Montaigne
  • Erasmo de Roterdã
  • Giovanni Boccaccio
  • Francesco Petrarca

Características do Humanismo

Selecionamos as principais características do Humanismo:

  • Racionalismo
  • Antropocentrismo
  • Resgate das obras produzidas na Antiguidade Clássica
  • Cientificismo
  • Empirismo

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.