15 Venenos mais letais do mundo

Um veneno pode estar mais perto que você imagina. Para não correr risco, confira os 15 venenos mais letais do mundo!

0

Um veneno é qualquer substância que altera as funções vitais. Sendo assim, muitos venenos são usados para motivos mais diversos, como na medicina.

De acordo com a dose, essas substâncias podem não oferecer perigo. Assim, a frase de Paracelso, médico no século XVI e considerado o pai da toxicologia, é válida até hoje. Segundo ele, “A dose faz o veneno”.

Com isso, alguns venenos podem estar no seu quintal. Para evitar acidentes, confira a lista dos 15 venenos mais letais do mundo.

Venenos mais letais do mundo

Sarin

Usado como arma química em forma de gás, o sarin é um líquido sem cor e sem cheiro. A produção e armazenamento do gás sarin foram proibidas na Convenção sobre Armas Químicas em 1993. Sua descoberta ocorreu na Alemanha em 1938.

Oleandro

Essa planta é comum para enfeitar casas e calçadas, mas é altamente tóxica. Toda a planta é tóxica, inclusive a seiva.

Estricnina

Originalmente usada como pesticida, principalmente para o controle de ratos, a toxina foi proibida em vários países devido ao mal causado.

Toxina botulínica

A toxina botulínica é uma neurotoxina, produzida pela bactéria Clostridium botulinum. Usada na forma de botox, é aplicada na dermatologia. Assim, a toxina é extremamente potente e pode causar paralisia muscular se administrada da maneira errada.

Polônio

O elemento químico radioativo foi descoberto por Pierre e Marie Curie em 1898 e é usado em baterias termonucleares de satélites. Além disso, foi usado como veneno para matar o ex-agente russo do KGB Alexander Litvinenko, em 2006.

Maitotoxina

Produzida por plânctons no mar, a toxina pode contaminar mariscos e, consequentemente, consumidores. Quando ingerida, é causa de insuficiência cardíaca.

Mercúrio

Metal líquido em temperatura ambiente, libera gases tóxicos quando aquecido. Quando exposta, a pessoa pode sentir dor de estômago, nervosismo, insônia, tremores, depressão, ansiedade, diarreia, gosto de metal na boca, dentes moles com inflamação e sangramento na gengiva, falhas de memória e fraqueza muscular, mudanças de humor, agressividade, dificuldade de prestar atenção e até demência.

Batracotoxina

Esse veneno vem das toxinas de sapos (Phyllobates terribilis e Phyllobates bicolor) originários da Colômbia. A toxina foi recolhida e utilizada por indígenas para envenenar armas como dardos.

Mostarda de enxofre

Esse agente químico, também conhecido como Gás Mostarda, foi usado em inúmeras guerras, incluindo a Segunda Guerra Mundial, pela Alemanha Nazista.

Zyklon B

Em forma de gás, esse composto foi usado nos campos de concentração nazistas para matar os detentos em massa. Apesar do uso mortal, foi concebido originalmente como pesticida.

VX

O VX é uma arma química extremamente potente. É apresentado em forma de líquido de cor âmbar e inodoro e somente uma gota pode causar a morte.

Anthrax

O Anthrax é uma bactéria – Bacillus anthracis – conhecida por ter sido usada em ataque terrorista nos Estados Unidos em 2001. Ela é usada em forma de pó, para dispersar no ar e ser ingerido por meio da respiração.

Arsênico

Esse veneno inodoro foi muito utilizado na Idade Média intencionalmente para causar mortes. Uma morte famosa foi a do George 3º, rei da Grã-Bretanha. A substância também era encontrada nas maquiagens da época, usadas para deixar a pele branca.

Ricina

A ricina é a proteína encontrada na planta de mamona. Uma semente de mamona é o suficiente para causar a morte de uma criança.

Cianeto

O cianeto foi usado por agentes na Segunda Guerra Mundial para evitar interrogações e torturas. Os efeitos começam a aparecer dentro de alguns minutos. Eles são: dor de cabeça, tonturas, ritmo cardíaco acelerado, falta de ar e vômitos.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.