Conheça os casais que marcaram a História

Confira os casais que marcaram a História!

0

Desde o início dos tempos existiram casais que marcaram a História. Existem estórias (lendas e mitos) e histórias de casais que marcaram determinada época.

No entanto, devemos compreender que a formação de tais casais não se deveu a desejos amorosos, mas, sim, a pactos sociais e políticos.

Sendo assim, selecionamos quatro casais que marcaram a Antiguidade Clássica e a Idade Média por motivos variados.

Alexandre Magno e Roxane

Alexandre Magno foi imperador do Império Macedônico (ou Império Helenístico) durante o século IV a.C.

Ele foi o responsável por difundir a cultura grega para diversas regiões do “Velho Mundo”, principalmente no Oriente Médio e Ásia Menor.

O ápice da sua política expansionista foi a vitória sobre o Império Persa. Tal conquista fez com que o imperador incorporasse enormes faixas de terras do continente asiático e do Oriente Médio, além de controlar os povos conquistados.

Alexandre buscava respeitar a cultura dos povos dominados, visando manter uma boa relação com os mesmos.

Foi após a conquista da Pérsia que ele se apaixonou por Roxane, uma nobre bactriana, filha de Oxiartes.

Há historiadores que afirmam que a paixão do casal foi de fato verdadeira. O casamento deles representou a união entre a cultura grega e a cultura persa.

Juntos, tiveram um filho, Alexandre IV, que tempos depois foi assassinado com a mãe e a avó (mãe de Alexandre), por um dos generais do Império.

Casais que marcaram a história
Roxane, Alexandre IV e Alexandre Magno.

Marco Antônio e Cleópatra

Marco Antônio e Cleópatra foi um casal que marcou a Idade Antiga. Ele foi um dos generais que atuou em Roma no período da República, sendo um dos integrantes do Segundo Triunvirato, ao lado de Lépido e Otávio.

Marco Antônio e Cleópatra se conheceram após a morte de Júlio César, provocada por senadores romanos.

Após o assassinato de Júlio César, a rainha do Egito passou a ser vista como uma possível suspeita. Com isso, Marco Antônio foi o encarregado de interrogar Cleópatra.

Ao se deparar com a jovem rainha, ele se apaixonou. Abandonou sua então esposa, Otávia, e foi viver com Cleópatra em Alexandria (então capital egípcia).

Todo o território asiático e egípcio estava sob o domínio dos romanos. A devoção por Cleópatra fez Marco Antônio deixar toda sua herança para a rainha e seu filhos.

A decisão do general revoltou os nobres romanos que impulsionaram uma campanha militar que terminou com a vitória de Otávio, que ascendeu à posição de imperador.

Casais que marcaram a história
Marco Antônio e Cleópatra.

Abelardo e Heloísa

Abelardo e Heloísa foi o casal mais conhecido durante a Idade Média. Ele era mestre em filosofia e especialista em alguns estudos, como astrologia e alquimia, e atuava na Escola Catedral de Notre-Dame.

Heloísa era uma das alunas da instituição e vivia sob os cuidados de seu tio Fulbert. O interesse pelos mesmos assuntos aproximou os dois que rapidamente se apaixonaram um pelo outro.

A jovem estudante tentou convencer seu tio para que contratasse Abelardo como seu preceptor, para dar aulas particulares em casa.

Passado algum tempo, Fulbert notou que a relação de ambos extrapolava o âmbito acadêmico e expulsou Aberlado de sua casa.

O casal continuou se encontrando às escondidas e, como resultado, Heloísa acabou engravidando do rapaz que a levou para a casa de sua irmã, na Vila de Pallet.

Passado pouco tempo, Abelardo voltou a Paris decidido a pedir a mão da jovem moça em casamento. O tio a concedeu e os dois se casaram.

Contudo, pessoas próximas a Fulbert zombavam pelo fato de a sobrinha ter se casado grávida. Revoltado, ele contratou alguns capangas para ir à casa do casal e castrar Abelardo.

Diante de tal tragédia, o rapaz optou por seguir a vida dentro de um monastério. Heloísa também seguiu os mesmos passos e se mudou para um convento.

No entanto, eles continuaram mantendo contato por meio de cartas que refletiam todo o amor que um sentia pelo outro.

Casais que marcaram a história
Heloísa e Abelardo.

Fernando de Aragão e Isabel de Castela

Fernando de Aragão e Isabel de Castela foi um casal que se destacou durante a transição da Idade Média para a Idade Moderna. Ambos de origem hispânica, eles foram os responsáveis pela formação da Europa.

O matrimônio dos dois uniu o território que atualmente corresponde à Espanha. Em dezembro de 1496, o papa Alexandre VI concedeu ao casal o título de “reis católicos”.

O título católico permitiu que o reino espanhol expulsasse os muçulmanos do território ibérico e, com isso, se transformasse em um grande império marítimo.

Além disso, Isabel e Fernando financiaram as expedições do navegador genovês Cristóvão Colombo no Oceano Atlântico para chegar às Índias.

Tal expedição desencadeou na chegada de Colombo ao continente americano, em 1492. Este empreendimento resultou na colonização de inúmeros povos nativos.

Casais que marcaram a história
Fernando de Aragão e Isabel de Castela.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.