Extrativismo no Brasil

O extrativismo faz parte da história brasileira desde os povos originais e foi fundamental no Brasil Colônia. Confira o extrativismo no Brasil!


O extrativismo é a atividade econômica ou de subsistência que visa extrair recursos já presentes na natureza. Diferente da agricultura, nesse sistema, não é controlada a produção dos materiais.

Com essa diferença, é possível afirmar que o extrativismo é a atividade mais antiga da humanidade. A caça de animais silvestres, colheita de frutos e extração de pedras ocorrem há séculos e ainda são praticados.

No Brasil, o extrativismo é um fator importante tanto para as comunidades tradicionais quanto para a economia. Para entender melhor sobre essa atividade, confira o extrativismo no Brasil.

Extrativismo vegetal

A colonização portuguesa foi marcada pela extração de madeira sem limite, como a árvore pau-brasil, o que resultou em um desmatamento intenso da Mata Atlântica. Atualmente, destacam-se as madeiras jacarandá, canela, imbuia, sucupira e o mogno.

No extrativismo não madeireiro, destacam-se a borracha, fibras, gomas, frutos oleaginosas, plantas medicinais, aromáticas, corantes e alimentícias. Na Região Norte, o buriti, murici, cupuaçu e babaçu são fontes de renda de várias comunidades tradicionais.

No Brasil, os principais produtos de extração não madureira são: o babaçu no Maranhão, a piaçava na Bahia, o açaí no Pará, a erva-mate na Região Sul, a carnaúba no Piauí e Ceará, e a castanha-do-pará no Acre e na Amazônia.

Extrativismo animal

Atualmente, a pesca é a única atividade permitida pela legislação brasileira. Apesar disso, ainda é necessário seguir determinadas regras para não ocorrer um impacto ambiental.

Já a caça é permitida somente em comunidades indígenas e outras comunidades que dependem da proteína animal para sobreviver.

Extrativismo mineral

O Brasil é muito rico em alumínio, cobre, cromo, estanho, ferro, ouro, manganês, níquel, prata, tungstênio e zinco. As reservas de minério mais importantes estão localizadas na Serra dos Carajás (PA), no Quadrilátero Ferrífero (MG) e no Maciço do Urucum (MS).

A exportação de minério de ferro é um pilar da economia brasileira. Quando misturado com o carvão, o minério de ferro se transforma em aço.

A produção do material ocorre principalmente no Quadrilátero Ferrífero mineiro. Assim, o impacto ambiental já rendeu grandes tragédias, como o rompimento das barragens em Brumadinho (MG) e em Mariana (MG).

Já o Brasil ocupa o 15º lugar no mundo em exploração de petróleo nas plataformas no Oceano Atlântico. O sal, por sua vez, é majoritariamente extraído no Rio Grande do Norte, que responde por quase toda a produção nacional.

Leia também:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.