Atualidades 2020: Temas do Brasil e do mundo que podem cair no Enem e em concursos

Confira alguns temas do Brasil e do mundo que podem cair no Enem e em concursos públicos!


Estar bem informado é a principal ferramenta para se sair bem em qualquer concurso e no Enem, no entanto, a quantidade de conteúdos para estudar não permite que o estudante tenha tempo de acompanhar as notícias do Brasil e do mundo.

Por isso, selecionamos alguns temas que podem cair no Enem, em vestibulares e em concursos.

Atualidades no Brasil

Confira os principais temas de atualidades do Brasil em 2020:

Educação

A educação brasileira foi um tema bastante noticiado em razão das escolhas dos Ministros e das mudanças na pasta.

A formação de uma subsecretaria para impulsionar a criação de escolas militares foi um dos primeiros atos do Ministério da Educação.

Em seguida, o governo demonstrou interesse em extinguir as disciplinas de ciências humanas, tais como sociologia e filosofia, do currículo escolar.

Em abril de 2019, foi anunciada a normatização da educação em casa. Tal medida gerou revolta em vários professores que afirmaram que o processo de aprendizagem envolve a socialização e não somente os conteúdos.

Em maio do mesmo ano, o então Ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou o contingenciamento de 30% das verbas para as universidades públicas.

Tal ação causou revolta entre os estudantes e profissionais da educação, que organizaram protestos que envolveram estudantes universitários, da educação básica pública e privada e de apoiadores da educação.

Liberação do porte de armas

Uma das principais propostas defendidas na campanha eleitoral do então presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, foi a liberação do porte e da posse de armas no país.

Afirmando que o cidadão comum tem o direito de se defender caso precise, o presidente prometeu que liberar o acesso às armas seria um de seus primeiros feitos.

Após ser eleito, Bolsonaro apoiou projetos de lei que permitiam o acesso às armas. No entanto, ele não conseguiu garantir que tais projetos fossem aprovados.

Em contrapartida, o presidente aprovou diversos decretos que visam facilitar o direito ao porte de arma de vários profissionais.

Ao mesmo tempo, a quantidade de munições também aumentaram e alguns modelos, que antes eram exclusivos das Forças Armadas, passaram a se tornar mais acessíveis.

Reforma trabalhista

A reforma trabalhista entrou em vigor em novembro de 2017, durante o governo de Michel Temer. Entre as alterações, podemos citar:

  • Jornada de trabalho de até 12 horas;
  • O tempo de deslocamento para o trabalho passou a não ser considerado como hora de trabalho;
  • As férias passaram a ser divididas em até 3 vezes.

Governo Bolsonaro

Jair Bolsonaro tomou posse do cargo de presidente do Brasil em 1° de janeiro de 2019.

O início de seu governo foi marcado pela redução dos Ministérios e por declarações delicadas proferidas pela Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e pelo primeiro Ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez.

Ao mesmo tempo, o presidente foi duramente criticado ao impulsionar que os militares comemorassem o golpe civil-militar de 1964.

O então presidente vem colecionando polêmicas quanto a sua postura diante da pandemia do novo coronavírus.

Questão indígena

Já no primeiro ano do mandato de Jair Bolsonaro, a Fundação Nacional do Índio (FUNAI) deixou de estar vinculada ao Ministério da Justiça, sendo transferido ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Sua competência foi esvaziada, pois perdeu o poder de demarcar as terras indígenas. Tal função foi transferida para o Ministério Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Bolsonaro já chegou a defender a exploração agrícola e mineral das reservas indígenas.

Intolerância

A intolerância é um assunto que está sendo debatido cada vez mais. A intolerância racial, sexual e religiosa tem crescido no Brasil.

Ao mesmo tempo em que a diversidade religiosa conquista mais seguidores, a discriminação aumenta igualmente.

Tal realidade fez com que o dia 21 de janeiro fosse escolhido para celebrar o Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa.

Bullying

O bullying é uma problemática presente nas escolas do Brasil. O Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa) 2015 anunciou que, entre dez estudantes, um é vítima de bullying.

O bullying é uma violência (psicológica ou física) cometida e sofrida por estudantes no ambiente escolar.

Geralmente, as vítimas do bullying sofrem perseguições em razão de sua classe social, raça, aparência física ou orientação sexual.

Atualidades no mundo

A seguir, confira os principais temas de atualidades no mundo em 2020:

Coronavírus ou Covid-19

O novo coronavírus , também conhecido como Covid-19, é um vírus que, segundo alguns indícios apontam, surgiu na China.

Altamente contagiosa, a Covid-19 mostra sua face mais violenta em pacientes que possuem problemas de saúde, como diabetes, problemas respiratórios e obesidade.

Acredita-se que o vírus tenha se originado de um mercado que comercializa animais silvestres e frutos do mar.

Rapidamente todo o mundo se mostrou vulnerável a esse vírus, que fez milhares de vítimas. Por ser desconhecido, o tratamento dessa doença e a vacina são pesquisados por cientistas do mundo todo.

Com o objetivo de evitar que a doença se espalhasse, inúmeros países decretaram quarentena, com a suspensão das aulas e o fechamento do comércio.

Em março de 2020, a Organização Mundial de Saúde (OMS) classificou a epidemia do novo coronavírus como uma pandemia, em razão do seu alcance.

Brexit

Brexit é um termo que resume a saída do Reino Unido da União Europeia. Em junho de 2016, a maioria dos britânicos votou a favor da saída do país do bloco político e econômico europeu.

O processo terminou em janeiro de 2020. A partir de então, todos os tratados do Reino Unido deverão ser renegociados.

Atentados terroristas

O ano de 2019 foi marcado pela ocorrência de diversos atentados terroristas. Em fevereiro, um comboio das forças de segurança da Índia foi atacado por paquistaneses.

Em março de 2019, duas mesquitas na Nova Zelândia foram atacadas por extremista de direita, que matou 50 pessoas.

No Sri Lanka, duas igrejas e diversos hotéis foram atacados por terroristas muçulmanos no domingo de Páscoa. O atentado fez mais de duzentas vítimas.

Eleições presidenciais americanas

As eleições presidenciais americanas mobilizam o mundo inteiro em razão da influência dos Estados Unidos no plano econômico e político dos países.

A campanha eleitoral estadunidense é marcada por dois partidos políticos, o Partido Democrata e o Partido Republicano.

É fundamental se informar sobre o sistema eleitoral estadunidense e as bandeiras levantadas pelos candidatos Joe Biden (democrata) e Donald Trump (republicano).

Crise dos refugiados

A crise dos refugiados é considerada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como a pior crise humanitária do século.

Oriundos, principalmente, de países do Oriente Médio e da África, os refugiados saem de seus países devido às intensas guerras civis que os acometem. Tais deslocamentos ocorrem por via terrestre ou marítima em condições precárias.

Fake news

Fake news é o termo usado para se referir às notícias falsas veiculadas, principalmente, pelas redes sociais.

Geralmente, elas são criadas para difamar o indivíduo pertencente a um partido político ou movimento civil.

As fake news estão presentes em todos os lugares do mundo. Por serem disseminadas de forma extremamente veloz, elas auxiliam candidatos em campanhas eleitorais.

Por isso a importância de questionar as notícias que são veiculadas sem a assinatura de um jornalista e buscar informações em fontes confiáveis.

Saiba mais em:

PUBLICIDADE

você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More